Maio 03, 2021

A surpreendente pesquisa que avaliou Moisés e Daniela

A surpreendente pesquisa que avaliou Moisés e Daniela

Pense, por um instante, você é da mídia e falta somente uma semana para o Tribunal Especial decidir se Carlos Moisés volta ou se continua Daniela Reinehr. Você mandaria fazer uma pesquisa para saber qual avaliação os catarinenses têm do governo deles?  

Pensaria na sua decisão que, se fosse favorável a um dos dois, poderia ser compreendido pelo público como uma tomada de posição?

Mesmo sabendo que, se sua empresa tem credibilidade e respeito institucional, poderá sensibilizar um ou outro julgador da comissão especial e talvez a opinião púbica?

E, por último, não menos importante, mesmo que não seja de forma deliberada, está divulgando algo que interessa ao jogo intenso nos bastidores do grupo interessado em tumultuar ainda mais o ambiente político, já estressado por dois impeachments?

Tendo vencido ou não todas essas preliminares, que são suposições destinadas a você, que nos lê, o Grupo ND surpreendeu o mercado ao divulgar quinta-feira à noite e sexta de manhã uma pesquisa do Instituto Mapa (local), com 1.200 entrevistas, exatamente com esse foco. O resultado é claro nas duas tabelas abaixo, onde Daniela se destaca e Moisés fica em plano menor na avaliação dos pesquisados.

 

É óbvio que não se sabe se o pessoal do ND fez uma avaliação segundo roteiro parecido. Mas, surpreendeu ainda mais no comentário de Paulo Alceu, que você pode ver aqui, que toma posição.

Algumas frases dele se destacam bastante: “apesar de ter ficado dois períodos curtos no governo sem tempo hábil de retorno efetivo de suas ações ganhou maior confiança dos catarinenses ao contrário de Carlos Moisés, que não conseguiu reverter a imagem negativa conquistada pouco depois que assumiu o comando do Estado. As diferenças entre os dois são consideráveis...em decorrência do degaste da imagem de Moisés com o escândalo dos respiradores comprados a 33 milhões de reais e até hoje não recuperados. A governadora interina buscou formas de localizar o dinheiro, o que certamente repercutiu positivamente. Tanto que ficou registrada nesta pesquisa a preferência dos catarinenses em ter Daniela até 2022, excluindo Moisés”.

Última pergunta para você: tendo feito a pesquisa, liberaria seu profissional para fazer comentário semelhante?

 

Faustão

Todos os órgãos de comunicação brasileiros divulgaram sexta-feira a mesma notícia, que em resumo é esta: Faustão deixa a Globo e vai assinar com a Bandeirantes.

Na verdade, só teve um site que não divulgou desta forma. Foi o Hora de Santa Catarina, do Grupo NSC. Sabe qual foi o título: Faustão fecha contrato com outra emissora após saída da Globo.

Aqui não teve erro de estagiário. Foi somente algum editor super-realista que resolveu suprimir o nome da Band, sem informar direito ao leitor, por supostamente não falar de um veículo concorrente. João Saad, dono da Band, deve ter ficado chateado.

 

Álbum

Textos e fotos com histórias de Jornalismo.


Identificação da foto da esquerda para a direita: Antonio Carlos Macedo, Sok Won Lee, Ewaldo Willerding, Roberto Alves, David Coimbra, guia brasileiro, Claiton selistre, Silvio Benfica e Ruy Carlos Osterman.

Kobe, Japão, 2002, véspera do Brasil se sagrar pentacampeão mundial. O grupo da RBS (foto) deixa o seu hotel para dar uma passada na concentração da seleção, a poucos quarteirões.  Aí todos estão na rua, mas naquela cidade japonesa – por causa do abrigo para terremotos – há toda uma vida subterrânea. Assim, era só descer no andar -1 e seguir por baixo das ruas até o hotel da seleção, abrigado do trânsito e do calor.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!