Outubro 25, 2021

A visão artística e o radiojornalismo da capital

A visão artística e o radiojornalismo da capital
Reprodução/Youtube

Volto ao tema, porque é interessante que nada tenha sido feito para mudar o panorama: a rádio que toca jornalismo continua sem repórter e a mais nova entrante, a Jovem Pan News só tem futebol gerado pela cabeça de rede, transmite futebol brasileiro e faz debate na hora do meio-dia totalmente na visão paulista. Seria barbada estabelecer uma cooperação com o Grupo Veg Esportes que tem uma equipe bem afiada, somente utilizadada nas redes sociais, onde costuma ter o triplo da audiência dos concorrentes. Se for para dial vai encorpar enormemente a Pan e jogá-la para outro patamar.

Mas, para isso os “heads”, como gostam de ser chamados os gerentes de produtos, teriam que abrir dos seus conceitos artísticos e jogar o jogo do jornalismo às ganhas.

Fica lançado o desafio.

 

Gentil sem audiência


Reprodução/Globo

A Globo investe muito em Fernanda Gentil, mas faz tempo que a apresentadora não dá retorno em audiência. O novo projeto dela, Zig Zag Arena, vai no mesmo caminho do anterior, “Se joga”: em quatro edições patina nos índices e em vários momentos perde para o SBT em São Paulo, derrubando a audiência antes do futebol. Seria indicada uma correção de rumos, mas há outra particularidade: o programa já tem todas as edições gravadas até o final em 30 de janeiro. Ou seja, será bucha de canhão até lá.

 

Onde? Por que?

A repórter vai encerrar uma intervenção ao vivo, quando o apresentador Mário Motta pede um minutinho no ar e orienta o cinegrafista abrir a imagem e mostrar onde eles estão. O tema é o rompimento de uma canalização de uma casa às margens da SC 401. A moça relata um pouco de dificuldade, mas o cinegrafista se movimenta e identifica o lugar, mostrando os carros passando perto e localizando onde está o problema.

Um pouco de vacilo ou problema de formação, o certo é que foram dispensadas as perguntas básicas da reportagem: o que? Quando? Como? Onde? Por que? Sem elas, as reportagens ficam incompletas.

 

Cadê o infinitivo?

Pelo menos duas jornalistas – uma regional e outra nacional – resolveram abolir os verbos no infinitivo. Prestem atenção e anotem. Em vez de cumprir dizem cumpri, em vez de chegar é chegá e assim por diante. Seria esse o formato de uma linguagem coloquial?

 

Alec


Reprodução/Instagram

O incidente durante as filmagens no Novo México mobilizou blogs e sites mundo afora. Alec Baldwin matou por acidente a diretora de fotografia do filme “Rust” ao disparar uma arma de fogo que deveria estar sem material verdadeiro. As investigações continuam, mas imprensa vai revelando pouco a pouco os bastidores com falhas de segurança. Os americanos Los Angeles Times e TMZ foram completando a história a cada nova edição com informações relevantes, antes que a polícia informe o resultado das investigações. A boa e velha reportagem, que não tem aqui, a gente vai olhar e curtir com os repórteres lá de fora.

 

Sérgio

Repórter Sérgio Guimarães enviou mensagem à coluna confirmando que precisou deixar o projeto da Jovem Pan News às 8 da manhã por recomendação médica. Teve um pequeno desconforto de saúde, já superado. Vai continuar tocando seus outros projetos e diz que deixou portas abertas na Pan.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Publisher, colunista e owner do Portal Making Of, é jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário, além de coordenador do comitê editorial da RBS em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há sete anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!