Novembro 29, 2021

Acidente da Chapecoense completa 5 anos com noite de homenagens

Acidente da Chapecoense completa 5 anos com noite de homenagens
Reprodução

Nesta segunda-feira, 29, o acidente com o voo da Chapecoense completa cinco anos. Nesta mesma data, há cinco anos, o avião que levava os jogadores, comissão técnica, dirigentes do clube, jornalistas e tripulação caiu a poucos quilômetros de Medellín, na Colômbia, onde a Chapecoense iria disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

Homenagens às 71 vítimas do acidente estão previstas para esta segunda, como o evento "Pra Sempre Lembrados", na Arena Condá, em Chapecó, a partir das 19h. A expectativa dos organizadores é que até 14 mil pessoas ocupem as arquibancadas da Arena. O evento é gratuito, mas foram distribuídos ingressos para que fosse respeitado um certo distanciamento para evitar o contágio da Covid-19.

Entre as vítimas daquele 29 de novembro, seis sobreviveram: o lateral Alan Ruschel, que conseguiu voltar aos gramados já em 2017; o goleiro gaúcho Jakson Follmann, que perdeu a perna direita no acidente; Hélio Hermito Zampier Neto, o zagueiro Neto, que se aposentou em dezembro de 2019, por conta das dores que sentia ao jogar futebol; o jornalista Rafael Henzel, que morreu em 2019, aos 45 anos, devido a uma parada cardiorrespiratória, enquanto disputava uma partida de futebol; a comissária de bordo Ximena Suarez e o técnico de voo Erwim Tumiri.

As investigações sobre o acidente apontaram que a aeronave da LaMia decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, sem a quantidade mínima de combustível exigida, também havia falhas no plano de voo, inexistia seguro para voar em território colombiano e o piloto demorou para avisar a torre de controle sobre a emergência.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!