Portal Making Of

ACIF acompanha os desdobramentos do Projeto de Internação Humanizada em Florianópolis

Na última quarta-feira, 14, a Câmara de Vereadores de Florianópolis aprovou, em primeira votação, o Projeto de Lei de número 19.044/2024, proposto pelo Poder Executivo, que visa autorizar a internação voluntária ou involuntária de pessoas em situação de rua com dependência química ou transtornos mentais. A segunda votação está marcada para a próxima segunda-feira, 19.

A proposta, apresentada pela prefeitura sob a gestão de Topázio Neto, foi encaminhada ao Legislativo municipal em 25 de janeiro, em resposta aos episódios de violência envolvendo pessoas em situação de rua na capital.

O projeto estabelece que a internação pode durar até 90 dias e se destina a pessoas em situação de rua que se enquadrem em pelo menos um dos seguintes casos: com dependência química crônica, apresentando prejuízos à capacidade mental, ainda que parcial, limitando as tomadas de decisões; em vulnerabilidade, podendo causar riscos à sua integridade física ou à de terceiros, devido a transtornos mentais pré-existentes ou causados pelo uso de álcool e/ou drogas; incapazes de emitir opiniões ou tomar decisões, consequência de transtornos mentais pré-existentes ou adquiridos.

A internação, segundo o projeto, pode ocorrer com ou sem o consentimento da pessoa e deve ser realizada em instituições qualificadas, mediante autorização da família ou por indicação médica, com o apoio do Ministério Público, da Defensoria Pública e de outros órgãos de fiscalização.

A ACIF (Associação Empresarial de Florianópolis) acompanha de perto os desdobramentos dessa iniciativa e reforça seu apoio a medidas que proporcionem assistência humanizada e efetiva às pessoas em situação de vulnerabilidade. O presidente da entidade, Célio Bernardi, destaca a importância de promover a colaboração entre diferentes setores da sociedade para enfrentar esse desafio complexo.

“Acreditamos que, para abordar esse desafio complexo, é necessário promover a colaboração entre diferentes setores da sociedade. Ao considerar a interseção entre serviços sociais, cuidados com a saúde mental e ações de segurança, podemos construir soluções mais abrangentes e duradouras”.

A entidade permanece atenta e ativa, contribuindo para o diálogo construtivo e para a busca de soluções que atendam às necessidades da comunidade. A entidade seguirá de perto os desdobramentos deste projeto de lei, reconhecendo sua importância para o bem-estar da população.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Rosario Central x Internacional é no SBT

O Internacional vive fase complicada e ainda busca um substituto para Eduardo Coudet no comando da equipe, mas, nesta terça-feira, 16, em uma excelente oportunidade para

Leia mais

Um tiro na eleição americana

Logo após o tiro de AR-15 ter acertado a orelha direita de Donal Trump em comício ontem, 13, em Butler, Estados Unidos, começaram as interpretações

Destaques da semana no Portal Making Of

Selecionamos aqui os destaques da semana na Making Of. Confira abaixo uma pequena descrição de cada uma e o link para você acessá-la.   Claiton