Dezembro 02, 2020

Anvisa estuda uso emergencial de vacina sem necessidade de registro

Anvisa estuda uso emergencial de vacina sem necessidade de registro
Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estuda autorizar o uso emergencial de vacina contra o coronavírus, sem a necessidade de registro do produto pelo órgão. As informações são do jornal O Globo. 

Uma das alternativas da Anvisa seria instituir a medida a partir de uma Resolução de Diretoria Colegiada (RDC). Logo, a medida estudada, de acordo com o jornal, permitiria a aplicação da vacina em grupos específicos de indivíduos, enquanto os laboratórios seguem com as pesquisas, em busca de aprovação regulatória no Brasil.

Atualmente existem quatro vacinas na fase final de testagem no Brasil, nas quais são desenvolvidas pelas seguintes empresas: AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford; Pfizer, em parceria com a BioNTech; Johnson & Johnson, por meio da subsidiária Janssen, e a CoronaVac, do laboratório Sinovac.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira, 2, que o país receberá 15 milhões de doses da vacina de Oxford contra a pandemia entre janeiro e fevereiro de 2021.

Tags:
Covi-19
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!