Novembro 25, 2021

Anvisa quer cobrar vacinação para entrada no Brasil, mas Bolsonaro resiste

Anvisa quer cobrar vacinação para entrada no Brasil, mas Bolsonaro resiste
Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) enviou um parecer ao governo federal no último dia 12, onde propõe o certificado de vacinação contra a Covid-19 como forma de liberar a entrada de viajantes no Brasil.

A medida valeria para permitir a imigração por terra. Hoje as fronteiras estão fechadas, com algumas exceções. Mas o presidente Jair Bolsonaro, quer apenas abrir as fronteiras, sem cobrar o "passaporte da vacina", segundo a Folha, com informações de integrantes do governo.

De acordo com relatos de integrantes do governo, a agência também sugere endurecer as regras para voos internacionais. A ideia é que viajantes façam quarentena de cinco dias, mesmo se apresentarem teste RT-PCR negativo para o coronavírus. A quarentena seria dispensada para quem estiver vacinado.

Hoje o governo cobra a apresentação do teste RT-PCR, mas não exige quarentena, apesar de a Anvisa sugerir esta medida há meses.

A Folha desta que a ideia da Anvisa é evitar que o aumento de casos da Covid-19 registrado na Europa, entre outros locais, também ocorra no Brasil. A agência também quer impedir que o país vire atrativo para turistas não vacinados.

Tags:
Covid-19
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Onze 728x90

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!