Portal Making Of

Apresentador recomenda consulta médica para tomar vacina

[ad_1]

Apresentador recomenda consulta médica para tomar vacina

Foto: Reprodução/NDTV

O que leva um apresentador de programa de TV, que tem a responsabilidade de passar informação a milhares de pessoas, a divulgar uma informação que contradiz médicos e autoridades da saúde? E que ao recomendar que pais consultem médicos antes de vacinarem crianças está colocando um empecilho que justamente prejudica os mais pobres?

Só pode ser uma opinião pessoal, com raízes internas profundas, já que andou fazendo comentário semelhante na rádio Jovem Pan. O apresentador é Raphael Polito, e o comentário foi feito no Balanço Geral da NDTV, quinta-feira passada. Como rádio e tv são de proprietários diferentes, conclui-se que é dele mesmo a opinião.

Fica apenas a dúvida se a direção editorial do grupo concorda com a posição – e se for isso deve ficar mais claro para quem está em casa. Se não, o posicionamento deveria ser corrigido em nome do bem comum.

 

Jornal ou revista?

Ao divulgar recentemente as premiações que têm recebido, a NSC destaca o Diário Catarinense como o veículo mais premiado do Estado, referindo-se a levantamento do Portal dos Jornalistas. Diz que ficou a frente de Jovem Pan, Exame, Extra, BBC Brasil, Rede TV e SBT.

O marketing nessa divulgação faz uma grande mistura de informação e obviamente mescla a fase anterior, impressa do jornal, com o online de hoje. O Diário Catarinense e os demais títulos do grupo –  Santa, NA e Hora – são revistas semanais impressas, que trocam a capa e mantém praticamente o mesmo conteúdo.  Aliás, são boas leituras para quem não está atrás de fatos, mas interpretações e crônicas.

No final da matéria, o gerente online da NSC muda o discurso que interessa o conteúdo e não os clickbaits. Posição que adota sempre que o portal ND + apresenta mais índice de leitura.

 

Ranking

E por falar em leitura on-line, este são os mais bem colocados na estatística nacional de 2021:

 

 

O tubarão e o tempo

Apresentar telejornal requer talento, mas improvisar sobre notícia exige muito mais, entre os quais, sensibilidade. No Jornal Nacional de sexta-feira passada, a interação entre Renata Vasconcellos e a moça do tempo, Eliana Marques, mostrou que as duas não estão preparadas para sair do teleprompter. Logo após a informação de uma menina atacada por tubarão em Fernando Noronha relacionaram de forma infeliz com a previsão do tempo. Veja e avalie (foi editado para aproximar os dois pontos do mesmo telejornal):

Vídeo enviado por um leitor (Reprodução/YouTube)

 

[ad_2]

Source link

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Um tiro na eleição americana

Logo após o tiro de AR-15 ter acertado a orelha direita de Donal Trump em comício ontem, 13, em Butler, Estados Unidos, começaram as interpretações

Ibope de rádio: sigam os líderes

A mais recente pesquisa Kantar Ibope de rádio, considerando os meses de maio e junho, mostra que as líderes não foram incomodadas em suas posições.

Eliana chama patrocinadores

Já se viu de tudo em relação a patrocinadores, pois afinal são eles que garantem a existência de conteúdos. Mas acabamos de descobrir que existe

Caça aos cliques

Os portais de internet, dos pequenos aos grandes, se dedicam a técnicas para sensibilizar a busca no Google e impactar as métricas de audiência. São

TV Gaúcha x TV Guaíba

Antônio Britto, jornalista, ex-governador e ex-ministro da previdência, colega dos primeiros anos de profissão, lembrou em recente vídeo sua contratação pela TV Gaúcha em 1978.

Globo erra na escala de narradora

A web pode ser cruel para quem desempenha atividade pública e está exposto a avaliações nem sempre procedentes. Foi o que aconteceu com a narradora

O rádio vive

A coluna, sempre que possível, gosta de acompanhar a audiência de rádio. Embora não sejam dados superlativos como entre os portais de internet, revelam a

Ídolos de barro

Difícil ter ídolos hoje em dia. Na música a safra é terrível. Com raras exceções, as letras são pobres, óbvias, cantoras se destacam pelas roupas

Uma opinião isenta, por favor

Está cada vez mais difícil encontrar uma opinião isenta sobre fatos do nosso dia a dia. Nunca se sabe se opinião que lemos ou escutamos

Um tiro na eleição americana

Logo após o tiro de AR-15 ter acertado a orelha direita de Donal Trump em comício ontem, 13, em Butler, Estados Unidos, começaram as interpretações

Ibope de rádio: sigam os líderes

A mais recente pesquisa Kantar Ibope de rádio, considerando os meses de maio e junho, mostra que as líderes não foram incomodadas em suas posições.

Eliana chama patrocinadores

Já se viu de tudo em relação a patrocinadores, pois afinal são eles que garantem a existência de conteúdos. Mas acabamos de descobrir que existe

Caça aos cliques

Os portais de internet, dos pequenos aos grandes, se dedicam a técnicas para sensibilizar a busca no Google e impactar as métricas de audiência. São

TV Gaúcha x TV Guaíba

Antônio Britto, jornalista, ex-governador e ex-ministro da previdência, colega dos primeiros anos de profissão, lembrou em recente vídeo sua contratação pela TV Gaúcha em 1978.

Globo erra na escala de narradora

A web pode ser cruel para quem desempenha atividade pública e está exposto a avaliações nem sempre procedentes. Foi o que aconteceu com a narradora

O rádio vive

A coluna, sempre que possível, gosta de acompanhar a audiência de rádio. Embora não sejam dados superlativos como entre os portais de internet, revelam a

Ídolos de barro

Difícil ter ídolos hoje em dia. Na música a safra é terrível. Com raras exceções, as letras são pobres, óbvias, cantoras se destacam pelas roupas

Uma opinião isenta, por favor

Está cada vez mais difícil encontrar uma opinião isenta sobre fatos do nosso dia a dia. Nunca se sabe se opinião que lemos ou escutamos