18.6 C
fpolis
18.6 C
fpolis
domingo, 3 julho, 2022

Conheça o campeão do Comida di Buteco 2022!

Últimas notícias

Que evento lindo realizado na Casa Alto Lagoa para celebração do resultado do Comida di Buteco! Fiquei mais feliz ainda porque foi justamente o buteco avaliado por mim, que fui jurada do concurso e recebi a sorte de cair esse bar charmoso pra eu conhecer, que fica ali na orla do Sambaqui! E que prato mais lindo e saboroso! “Festa do Mar” – um primor!

Gostei tanto do lugar que cheguei lá fim de tarde e sai de madrugada! kkkk. Levei uma turma boa de prosa e de copo e nos divertimos muitooo! Saí de lá abraçando a Elisa, a Josi, todo mundo! ahaha. Por isso ver o Botequim das Flores campeão me encheu de alegria!

 

 

Preciso ressaltar também que foi uma honra conhecer a Karolzinha, Karol Silva, que toca esse projeto com tanta maestria e simpatia! Ela estava com os olhinhos marejados de lágrimas nesse dia, com o cansaço e orgulho de quem estava com o dever cumprido, de ter feito o seu melhor.

Fotos do evento, Natasha Azambuja!

Rafa, Pedro Garim, pessoal da Koi, meus amigos do Sufocos, do Bar do Zeca… Todo mundo reunido nesse que é dos espaços mais maravilhosos da Lagoa da Conceição!

Foram 24 dias de concurso. Eu avaliei três butecos e o Beto, meu noivo, mais três. Ao todo, haviam 16 participantes concorrendo na Grande Florianópolis, que receberam a visita do público e dos jurados. Nós avaliávamos quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida.

A meta para 2023 é aumentar o numero de participantes na Grande Florianópolis! Pra se ter uma ideia, em Goiânia são mais de 40 locais concorrendo ao título de melhor buteco, em BH mais de 80, no Rio mais de 100!!!

Percebi também que muitos bares não participantes sabem pouco sobre a relevância do concuso, que existe ha 22 anos! É que Floripa ainda engatinha nessa pista, entrando na rota há apenas 4 anos.

A festa de premiação foi incrível! Samba da melhor qualidade e aquele local ali, da minha amiga Michela Neckel e Rodo Almeida, nem preciso comentar que é um espetáculo a parte né…

E vou te falar… avaliar os bares dessa ilha que tanto amo foi, ao mesmo tempo, divertido e levado muito a sério! Pois é um desafio criterioso, preciso e precioso para cada estabelecimento.

Os bares concorrentes ficam com ambientação festiva e os petiscos estavam fabulosos, todos a 27 reais! Há muito empenho e desempenho… Ouvi coisas bem bacanas nessa via-sacra; por exemplo, como a ação estimula o local a elevar ‘e manter’ o critério de atendimento, limpeza, apresentação dos pratos e drinks etc.

Quem vence a etapa regional disputa a nacional, e aí, meu amigo… quem ganha o titulo de Melhor Buteco do Brasil, ganha também uma nova história para o seu negócio!

Portanto, se você conhece algum buteco bão, familiar, de arrasar, passa o nome (tô fazendo uma lista por conta própria) para enviar à produção nacional.

Bom, agora nessa segunda etapa, uma nova comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, visita os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas quatro categorias. Cada campeão recebe três jurados, e então é eleito o melhor boteco do Brasil, que será conhecido e premiado no mês de julho.

Aqui, o primeiro colocado do concurso foi o Botequim das Flores, localizado no Sambaqui, em segundo, o tradicional Tonho Boteco, de Santo Antônio de Lisboa, e na terceira colocação o Nacanoa Oyster Bar, do Ribeirão da Ilha (que caiu pra gente também! :). O Botequim das Flores, representará a região no concurso nacional a partir do dia 1° de junho, concorrendo com os outros campeões, no total são 21 circuitos participantes concorrendo ao título de melhor boteco do Brasil.

“Esse ano nós participamos com muita garra e vontade do concurso, eu era a primeira a chegar e a última a sair do restaurante, foi bem cansativo. Estivemos presentes em outros anos, mas dessa vez foi diferente, estávamos muito confiantes com o nosso petisco e com o atendimento, e tivemos um feedback bem positivo dos clientes que frequentaram o restaurante. Foi muito gratificante.” Contou Eliza da Cruz Russi, sócia do Botequim das Flores.

Como diz o slogan do concurso, “Buteco Vive”! E muitos existem porque resistem…

Obrigada pelo konvite, karol com k! 🥰

 

Nas fotos, alguns dos petiscos que conhecemos:

“Peixe Caribenho” Gato Mamado – Centro

“Festa do Mar” Botequim das Flores – Sambaqui

“Trouxinha de Rabada” Sufocos – Campeche

“Ostra Oriental” Nacanoa – Ribeirão da Ilha

“Loucos Por Camarão” Beer Praia – Barra da Lagoa

“Bolinho de Salmão” Bar do Zeca – Campeche

“Campero” Bar do Noel – Centro

 

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa e Santa Catarina: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Sessão Especial na Alesc vai celebrar 90 anos de fundação da ACI

A Associação Catarinense de Imprensa (ACI) - Casa do Jornalista será homenageada pela Assembléia Legislativa de Santa Catarina, em...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }