13.6 C
fpolis
13.6 C
fpolis
sexta-feira, 19 agosto, 2022

BRF avança na meta de ter mais mulheres na liderança

Últimas notícias

[ad_1]

BRF avança na meta de ter mais mulheres na liderança

Maria Goretti e Ana Paula/Divulgação

No ano passado, a BRF assumiu o compromisso público “Equidade é Prioridade”, do Pacto Global da ONU, de ter 30% de mulheres em posições de alta liderança até 2025; e está perto de atingir esse percentual. Comparada a 2018, a presença de mulheres em cargos executivos na companhia saltou de 15% para 24%, conforme dados de dezembro de 2021.  

A fim de atingir os objetivos deste compromisso, a companhia vem implementando diversas ações globais, como o “Lidere como uma Mulher’, uma jornada de aceleração de carreira. A BRF também criou o “Elas em Foco”, um programa que tem como objetivo empoderar, desenvolver, dar voz e visibilidade às mulheres na organização. Em programas de entrada em 2021, no Brasil, as mulheres representaram 55% de Trainees e 40% de Supervisores Acelera. 

Exemplos de liderança feminina, a gerência industrial em Videira, Santa Catarina, está nas mãos de Lucineia Antunes Valtte Leidens desde o final de 2020; na mesma unidade, Ana Paula Viergutz Volff, que está na BRF desde 2003, passou por diversas funções operacionais e administrativas, foi líder dos setores de apontamentos e de célula de entrada e saída, supervisora de produção e, desde março de 2021, é coordenadora da Controladoria da unidade.

Já Maria Goretti Buzanello foi a primeira mulher a ocupar o cargo de gerente de agropecuária da Companhia. Atualmente em Lajeado, no Rio Grande do Sul, foi pioneira na função em 2015, quando atuava em Chapecó. Com longa trajetória na companhia, em 1993 também foi pioneira a ocupar o cargo de supervisora de uma fábrica.

[ad_2]

Source link

Mais notícias para você
Últimas notícias

A dança das tarifas e os destaques da economia

Destaques da semana, a dança das tarifas que impulsionam a inflação e real o motivo da queda no preço dos combustíveis.