Novembro 24, 2020

Carrefour anuncia fundo de R$ 25 milhões para combater racismo

Carrefour anuncia fundo de R$ 25 milhões para combater racismo
Reprodução

O Grupo Carrefour Brasil anunciou nesta semana que está fortemente comprometido em lutar pelo combate ao racismo estrutural no país e promover ações afirmativas para a inclusão social e econômica de negros e negras na sociedade.

Para sustentar este compromisso, a companhia anuncia a criação de um fundo que inicialmente terá o aporte de R$ 25 milhões. O valor é adicional à doação anunciada pela empresa, que reverterá todo o resultado das vendas realizadas em todos os hipermercados da rede no país no dia 20 de novembro.

A iniciativa surge após o homem negro João Alberto Silva Freitas, 40 anos, ser espancado e morto por seguranças na noite de 19 de novembro em uma loja da rede de supermercados em Porto Alegre.

"Sabemos que não podemos reparar a perda da vida do senhor João Alberto. Este movimento é o primeiro passo da empresa para que o combate ao preconceito e racismo estrutural, que é urgente no Brasil, ganhe ainda mais força e apoio da sociedade. Acreditamos que poderemos evoluir e contribuir para a construção de uma sociedade mais inclusiva e igualitária", afirma Noël Prioux, CEO do Grupo Carrefour Brasil.

Nos últimos dias, a empresa vem se reunindo com entidades representativas da causa e com especialistas que atuam nesta frente, visando compreender e aprender sobre como atuar de forma concreta na luta contra todo e qualquer tipo de discriminação, que inclui também outros públicos minorizados.

A empresa afirmou que anunciará amanhã, 25, o plano de ação que será abastecido pelo fundo. As iniciativas devem promover ações que envolvam funcionários e clientes.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!