19.3 C
fpolis
19.5 C
fpolis
sexta-feira, 27 maio, 2022

CBN Diário entre perdas e ganhos

Últimas notícias
CBN Diário entre perdas e ganhos

Mesmo que não seja em frequência própria – já que foi arrendada da rádio Nativa, originalmente de Tijucas – a passagem da CBN Diário para o 91,3 FM é um bom lance de marketing. E mais do que isso, um passo adiante na sobrevivência do produto, já que o AM vai sendo desativado aos poucos.

Nota-se que a equipe está motivada com essa nova janela, mas sentiu muito duas alterações que acompanham um pacote de mexidas na programação: a maior delas, a devolução do horário das 13h do Debate Dário à rede para apresentar o programa do(chatíssimo) Carlos Alberto Sardenberg.

Futebol às 11 horas, em horário essencialmente feminino no rádio, é um tiro no pé. Há expectativa que o ouvinte procure na internet o programa que lhe interessa para ouvir em outro horário. Isso já existe, mas é uma minoria.

Outra mudança, mas desta vez pensada pelo executivo de rádios, vindo da Atlântida de Porto Alegre, Porã Bernardes, foi eliminar o programa de esportes das quatro da tarde. Apresentado por Janiter Decordes e Rodrigo Faraco, o CBN Diário Esportes tinha poucos meses no ar e estava agradando ao público pelo estilo leve.

No lugar, entra um programa apresentado por outro Faraco, o Raphael, com nome em inglês, CBN Hub. E antes dele, o programa também será rebatizado de CBN Connection.

 

Hábito

 

Como praticamente não tem concorrência, a CBN vai sobreviver a essa sacudida no pilar de que rádio é hábito, mexendo em produtos e batizando com nomes estrangeiros. Só isso não é modernidade. O conteúdo, persistência, a credibilidade e a manutenção da grade vão compor o pacote de audiência.

Supõe-se que, desta vez, a direção da NSC voltou os olhos para a CBN e avaliou o que está sendo feito e vai cobrar resultados. Deverá observar também, no futuro, que uma rádio vitoriosa não pode ser alterada toda vez que um novo executivo aportar por aqui, sem conhecer o mercado.

Claiton Selistre
Publisher, colunista e owner do Portal Making Of, é jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário, além de coordenador do comitê editorial da RBS em Santa Catarina. Antes atuou na Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há sete anos.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Colombo enfrenta adversários dentro do PSD

Pelo menos três personalidades do cenário eleitoral catarinense, pré-candidatos assumidos, já receberam sinalizações do deputado Julio Garcia e de...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }