Portal Making Of

Com Juliana Pavan o PSD define a trinca de pré-candidatos na região de BC

Em mais um evento muito prestigiado pelas lideranças do PSD, enfim Juliana Pavan se filiou no PSD de Balneário Camboriú.

A festa aconteceu no Expocentro Júlio Tedesco, onde o presidente do PSD de Santa Catarina, Eron Giordani, abonou a ficha de Juliana, que se junta ao pai no partido para tentar comandar Camboriú e Balneário Camboriú a partir de 2025.

Além de Eron e Leonel Pavan, também estavam em BC os deputados federais Darci de Mattos e Ismael dos Santos; os deputados estaduais Júlio Garcia, Mário Motta e Napoleão Bernardes; e os prefeitos João Rodrigues (Chapecó), Topázio Neto (Florianópolis) Orvino Coelho de Ávila (São José), Liba Fronza (Navegantes), João Thomé (Rio do Sul) e Paulinho (Bombinhas).

Quem também fez questão de marcar presença foi a deputada estadual Paulinha, que na tarde dessa segunda-feira, 11, assumiu a presidência estadual do Podemos. Essa pode ser uma indicação de que o partido de Paulinha e Camilo Martins já tenha fechado um acordo com o PSD em Santa Catarina.

Na sua fala, Juliana Pavan disse foi para o PSD pelas gestões de sucesso que o partido tem pelo estado e que os prefeitos Topázio, João Rodrigues, Clésio Salvaro e Orvino são exemplos para o estado.

“O PSD é um partido que tem projeto para Santa Catarina e tem projeto para Balneário Camboriú. E o PSD Balneário Camboriú só tem um projeto, é Juliana Pavan”, afirma Eron Giordani, Presidente do PSD.

No próximo domingo, 17, o PSD fará um novo evento em Itajaí para filiar o vereador Osmar Texeira e lançá-lo como pré-candidato a prefeito naquela cidade.

Com isso, o partido fecha o cinturão dessa região, com Leonel Pavan em Camboriú, Juliana em Balneário Camboriú e Teixeira em Itajaí.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Leia mais

Morre o vereador Gabrielzinho

Faleceu nesta segunda-feira, 1º de julho, o vereador Gabrielzinho Meurer (PL). Há um mês ele lutava pela vida na UTI do hospital da Unimed, em