Portal Making Of

Começa a terceira edição do FALA São Chico

Foto: Daniel Guilhamet

O Festival Audiovisual Latino-Americano de São Francisco do Sul – FALA São Chico 2024, que celebra o cinema documental do Brasil e países vizinhos, começou oficialmente ontem, 19, com a Cerimônia de Abertura no CineTeatro X de Novembro. O tradicional cinema de rua da cidade teve a fachada revestida com as cores do festival e a imagem de uma locomotiva, que remete ao filme de encerramento, Trilhos Históricos II: Ferrovia Dona Francisca, de Antonio Celso dos Santos, idealizador do FALA e da Associação Cultural Panvision, falecido em outubro do ano passado, exibido em homenagem a ele.

Alissa Azambuja, diretora Artística e de Comunicação da Panvision, lembrou que nesta edição foram mais de 460 inscrições, de 23 países. Desses, foram selecionados 14 filmes que compõem a programação competitiva, além de dois filmes catarinenses convidados.

A diretora-presidente da Associação Cultural Panvision e diretora de Programação do FALA, Marilha Naccari, disse estar feliz de retornar ao Centro Histórico e ao CineTeatro depois da segunda edição no balneário da Enseada. “Este é um espaço raro e estamos iniciando um movimento com a prefeitura para pensar a restauração do cinema da cidade e a continuidade de público”, contou, convidando o público a multiplicar e se orgulhar do festival na cidade mais antiga de Santa Catarina.

“Esperamos que seja uma tradição que perdure por muitos anos, alternando entre centro e balneários para que toda a comunidade participe. Aqui também fazemos uma homenagem ao Celso, entusiasta do cinema de Santa Catarina”, lembrou o prefeito Godofredo Gomes Moreira Filho, destacando dois filmes da programação que tem relação com a cidade, Grupo Escola Felipe Schmidt: um lugar de memórias de São Francisco do Sul, sobre o colégio mais antigo do município que será reinaugurado, e o filme de encerramento, que aborda a estrada de ferro que ligava São Francisco a Mafra. Mariana Corrêa, diretora da Fundação Cultural Ilha de São Francisco, reforçou ainda que o evento movimenta economicamente a cidade e perpassa outras áreas, como a educação e o turismo.

A abertura contou também com a presença das analistas de responsabilidade social da empresa incentivadora Grupo Krona, gestoras do Instituto Krona, Kariny Borges da Rosa e Raquel Silva, que destacaram a acessibilidade promovida pelo festival, com a programação totalmente acessível para o público surdo e cego.

O Diretor Executivo da Panvision, Tiago Santos, agradeceu a equipe, a prefeitura, patrocinadores e apoiadores, o comércio da cidade e também o público, que foi de 6 mil pessoas na edição passada na praia da Enseada. Por fim, Tiago agradeceu ao Celso, seu pai, que pela primeira vez não está aqui, e convidou o público a lotar a sala de cinema no sábado para assistir o filme dirigido por ele. As gravações foram o início da ideia de realizar um festival de cinema na cidade.

A programação foi aberta com apresentação musical do grupo Charanga da Casa, e a primeira sessão da Mostra Curtas Catarinenses e Latinos, com cinco filmes. Após a sessão, os realizadores presentes conversaram com o público, que também pôde votar nos seus curtas preferidos, para a escolha dos vencedores pelo Júri Popular.

O FALA São Chico 2024 é produzido através da Lei de Incentivo à Cultura e por meio do Programa de Incentivo à Cultura – PIC, do Governo do Estado de Santa Catarina aprovado pela Fundação Catarinense de Cultura. Tem parceria das empresas especializadas em audiovisual DOT, Link Digital, Media Mundus, Mistika e Naymovie. Apoio institucional da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul e da Fundação Cultural Ilha de São Francisco e Associação Empresarial São Francisco do Sul. Com apoio Wana e Full Port e Incentivo do Grupo Krona e Condor.  Realização Associação Cultural Panvision, Ministério da Cultura, Governo Federal, União e Reconstrução.

O Festival será realizado de 19 a 22 de junho. A programação completa está disponível no site falasaochico.com.br/ e nas redes sociais @falasaochico.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Leia mais