Setembro 23, 2017

Dia Nacional do sorvete e a paixão que virou profissão

Apaixonado por sorvetes, há 7 anos o empresário Marcelo Baracuhy resolveu dedicar seu tempo para desenvolver produtos de alta qualidade, como os gelatos italianos. Hoje a paixão se uniu ao profissional e, desde dezembro de 2013, ele está à frente dos negócios da YPY, fábrica de sorvetes premium instalada em Florianópolis, que produz mais de 20 sabores da sobremesa.

 

 

Hoje é o Dia Nacional do Sorvete, e Marcelo tem muito a comemorar...

A menos de 100 dias do verão, época de aquecimento da economia em Santa Catarina, o segmento já se anima com o futuro próximo, já que a procura aumenta muito nesse período. E o que antes era uma gostosa sobremesa, hoje se tornou alimento cada vez mais presente entre os hábitos do consumidor brasileiro.

 

Como está o setor no país?

Depois de uma desaceleração, o setor está se recuperando. Hoje no Brasil já são aproximadamente oito mil empresas no setor de sorvetes. Mais de 90% são micro e pequenas empresas, que empregam muita gente.

 

O ramo também enfrentou problemas com a crise econômica?

Todos nós, empresários, enfrentamos uma batalha para superar a crise. Neste ramo não foi diferente. Em 2014, o brasileiro consumiu 1,3 bilhão de litros de sorvete. Em 2015, o valor abaixou para 1,1 bilhão e, em 2016, fechou com 1 bilhão. Em 2017, esperamos reverter o cenário, especialmente, diante do reaquecimento da economia com a chegada do verão.

 


 

 

O que é preciso para se manter no mercado?

Atender bem os consumidores. A nova demanda de produtos exige muito cuidado por parte da indústria, para atender essa procura, o perfil do consumidor mudou e nós precisamos mudar também. A preocupação com a saúde está no DNA da YPY. Aqui não entra gordura trans, o açúcar é orgânico e nenhum produto tem glúten. Respeitamos as restrições, por isso temos ampla variedade de produtos sem lactose.

 

Qual o diferencial do sorvete produzido pela YPY?

Definimos em qualidade e saúde, nosso sorvete é alimento saudável, porque agrega valores nutricionais e energéticos. Seguimos criteriosamente o padrão das melhores gelaterias do mundo, produzindo sorvetes a partir de ingredientes importados e com toda a tradição dos mestres sorveteiros italianos. Nosso sabor é autêntico.

 

Como vocês enxergam o mercado?

Estamos muito felizes com nosso posicionamento no mercado. O diferencial dos sorvetes YPY tem nos permitido alcançar números expressivos. Em julho, nossa fábrica teve um incremento de 110% de faturamento em relação ao mês anterior, e 168% se comparado a julho do ano passado, isso significa muito pra nós. Com pouco mais de três anos de atividades já temos 800 pontos de venda espalhados por Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Brasília, e, claro, queremos crescer ainda mais e chegaremos ao Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, sem dúvidas.

 

 

Ping Pong :

O que você não fica sem: minha família

O que você mais admira: inovação

O que não suporta: demagogia

Comida preferida: pernil de porco com farofa e abacaxi ácido

Como é o dia a dia à frente da YPY Sorvetes: ótimo, sempre um desafio.

Um lugar: Florianópolis

Uma palavra: sonhar

Um sonho: mudar o meu segmento (indústria do sorvete)

Tags:
social entretenimento Floripa Florianópolis gente festas eventos agenda
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Yula Jorge

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. 
Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.

Comentários

Rancho Açoriano

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!