17.3 C
fpolis
17.3 C
fpolis
quinta-feira, 18 agosto, 2022

Editora de TV russa que protestou contra guerra ao vivo é brevemente detida

Últimas notícias

A editora de TV russa Marina Ovsiannikova, que realizou um protesto contra a guerra na Ucrânia ao vivo em março em uma TV estatal, foi brevemente detida em Moscou ontem, 17.

Conforme a CNN Brasil, uma mensagem dela no Telegram, com imagens de dois policiais conduzindo-a em direção a uma van branca, dizia que “Marina foi detida”.

Pouco depois, Ovsyannikova se pronunciou no Facebook. “Fui passear com os cachorros, acabei de sair do portão, pessoas de uniforme se aproximaram de mim”, escreveu ela. “Agora estou sentada no Ministério de Assuntos Internos de Krasnoselsky”, referindo-se a uma delegacia de polícia em um distrito de Moscou. “Estou em casa. Está tudo bem”, escreveu ela. “Mas agora eu sei que é sempre melhor trazer uma mala e passaporte se você sair”.

Conforme a CNN, Marina foi libertada três horas depois e a detenção aconteceu por postagens nas redes sociais em 15 de julho, nas quais ela é vista com um pôster chamando o presidente russo Vladimir Putin de assassino e seus soldados fascistas.

Em março, quando apareceu protestando ao vivo, Marina foi multada depois de ser considerada culpada de desrespeitar as leis de protesto. Além dissso, foi demitida da emissora.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Gean Loureiro inicia a peregrinação pelo Oeste, meio Oeste e região serrana

O candidato ao Governador do Estado pelo União Brasil, Gean Loureiro, estará novamente cumprindo agenda de compromissos e visitas...