18.6 C
fpolis
18.6 C
fpolis
quinta-feira, 26 maio, 2022

Entre o fascínio e a repulsa

Últimas notícias

A Netflix e outros serviços de streaming investem pesado em documentários sobre crimes reais, investigações e mistérios sem solução. Fazem para agradar um público ávido por esse tipo de histórias. Confesso certo fascínio ao tentar entender esses casos. Sou movida pela curiosidade de desvendar a trama, como se estivesse diante de um livro de Agatha Christie. Gosto de filmes de tribunal, de observar como advogados e promotores constroem seus argumentos. Claro, como são histórias reais, bate também uma sensação de repulsa e pavor.

A oferta é generosa para quem curte o gênero. Listei algumas séries documentais e, de bônus, uma minissérie inglesa ficcional de suspense que acabei de ver. “Flesh and blood” não tem sangue, nem violência, mas é bem construída e intrigante.

Boa leitura. Boa Páscoa.

Foto: Jimmy Savile/Reprodução

_________________________________________________________

DOCUMENTÁRIOS

The staircase – direção: Jean-Xavier Lestrade – 8 episódios – 2004 – Netflix

Este foi um dos primeiros documentários do gênero que assisti e continua sendo um dos mais interessantes. Ele conta a história do romancista americano Michael Peterson, então com 58 anos, acusado de ter assassinado sua mulher Kathleen. O advogado de defesa sustentou que ela caíra da escada, daí o título da minissérie, mas a abundância de sangue no local levantou a suspeita de assassinato. O casal tinha filhos e enteados e era visto como tendo uma relação feliz. Não vou adiantar muitas coisas para não tirar a surpresa, mas lembro da confiança que o marido passava, a ponto dele mesmo ter pedido para virar tema do documentário. Até o final não sabemos se ele será inocentado ou preso e, mesmo depois do julgamento, ainda restam dúvidas. Creio que estudantes de Direito aprenderiam muito com “The Staircase”. (Veja o trailer)

Nota: A HBO também produziu recentemente uma minissérie com oito episódios sobre o caso, com Colin Firth e Toni Collete nos papéis do casal Peterson. Estou curiosíssima para conferir.

 

O desaparecimento de Birgit Meier – 4 episódios – 2021 – Netflix

[media-credit name=”Reprodução” align=”alignnone” width=”300″][/media-credit]

Essa minissérie alemã conta como o irmão de Birgit Meier, desaparecida quando tinha 41 anos de sua casa no Norte da Alemanha, desvendou o caso décadas depois. Em agosto de 1989, Birgit recebeu a visita do marido e pai de sua filha adolescente, para tratarem do divórcio. No dia seguinte, ela some. Ela era frágil emocionalmente e costumava beber demais. As únicas suspeitas recaíram sobre o marido, mas a polícia foi relapsa na investigação. Depois de se aposentar, o irmão de Birgit resolve investigar a fundo o desaparecimento da irmã e acaba resolvendo o caso em 2017.

 

Segredos e crimes de Jimmy Savile – 2 episódios – 2021- Netflix

[media-credit name=”Reprodução” align=”alignnone” width=”300″][/media-credit]

Esse é o típico caso em que a primeira coisa que a gente se pergunta é: como ninguém nunca percebeu ? Jimmy Savile, era um DJ famoso, apresentador de rádio e televisão britânico, verdadeiro ícone no Reino Unido e amigo da realeza. Além disso, ele era um filantropo, voltado às causas humanitárias e até fazia trabalho voluntário em abrigos para menores. Após sua morte aos 84 anos de idade, em 2011, revelou-se que o mito era também um criminoso. Centenas de acusações de abuso sexual de menores vieram à tona, levando a polícia a concluir que Savile foi um dos piores pedófilos e predadores sexuais da história do país.

 

Phoenix Rising – 2 episódios – 2022 – HBO

[media-credit name=”Reprodução” align=”none” width=”300″][/media-credit]

O documentário, dirigido pela cineasta indicada ao Oscar e ao Emmy, Amy Berg, ouve em detalhes o relato da atriz Evan Rachel Wood sobre os abusos que sofreu quando vivia com o famoso músico Marilyn Mason, entre 2006 e 2011. Eles se conheceram quando Evan tinha 19 anos e Mason, 36. A intérprete da série “Westworld” conta que foi atraída pelo perigo ao se relacionar com alguém reconhecidamente de hábitos pouco ortodoxos. Ela o acusa de violência doméstica e até de ter sido estuprada por Mason durante a gravação de um clipe musical. Depois da denúncia, Evan engajou-se na luta contra abusos cometidos contra mulheres.

 

Anatomia de um crime – 10 episódios – 2017- Prime Vídeo

[media-credit name=”Reprodução” align=”none” width=”300″][/media-credit]

A Amazon/Prime Vídeo investiu em crimes acontecidos no Brasil. A cada episódio, uma história diferente, como o assassinato brutal do rico empresário Aparício Basílio, em 1992, ou a de Gil Rugai, acusado de matar o pai e a madrasta, em 2004. São casos que estiveram exaustivamente na mídia, por isso não me interesso particularmente por eles, mas têm bastante audiência.
_________________________________________________________

 

SÉRIE FICCIONAL

Flesh and blood – Um crime na vizinhança – 4 episódios- 2020 -Now/ Claro Vídeo

[media-credit name=”Reprodução” align=”none” width=”300″][/media-credit]

Sou fã de séries britânicas e essa não me decepcionou. No primeiro episódio vemos a polícia atendendo um chamado na casa de Vivian, uma viúva de meia idade, mãe de três filhos. Ela vive num lugar bucólico, ao lado de Mary, a solitária vizinha de longa data, que sempre a ajudou a cuidar dos filhos quando crianças. Em flashback, acompanhamos Vivian comunicando aos herdeiros que está apaixonada por um médico aposentado, também viúvo. Os filhos não recebem bem a notícia e desconfiam do pretendente que insiste em casar com Vivian. As suspeitas aumentam quando eles descobrem que a primeira mulher dele se suicidou. Apesar de cada filho ter seus próprios problemas pessoais, eles interferem nas escolhas da mãe. Será o médico um golpista? Um dos trunfos do elenco é Imelda Stauton, atriz veterana inglesa que será a nova Rainha Elizabeth em “The Crown”. Na série, ela interpreta a solícita vizinha da família.
_________________________________________________________

 

E VEM AÍ …

• Os fãs já podem comemorar a chegada da segunda parte da 4ª temporada de “Osark”. A Netflix promete o lançamento para 29 de abril.

• O canal anunciou também a 6ª temporada de “Better call Saul”, o spin off da aclamada “Breaking Bad”, para o dia 19 de abril.

• Chega aos cinemas no dia 28 de abril, o segundo filme inspirado na série britânica mais amada dos últimos anos: “Downton Abbey, uma nova era”.

• Previsto para 24 de junho um dos lançamentos mais esperados do semestre: “Elvis”. Desta vez o astro ganha cinebiografia dirigida pelo australiano Baz Luhrmann, conhecido pelos ótimos musicais “Moulin Rouge” e “Vem dançar comigo”. Tom Hanks está no elenco no papel do exigente empresário do cantor.
_________________________________________________________

THE END

[media-credit name=”Reprodução” align=”alignnone” width=”212″][/media-credit]

Brígida Poli
Jornalista, cinéfila desde criancinha e maníaca por séries de TV desde "Os Sopranos". Não se considera crítica de cinema, pois não consegue deixar o coração de lado na hora de avaliar um filme. Adora falar e escrever sobre o assunto e tenta chamar a atenção para as grandes obras cinematográficas que as novas gerações desconhecem. Concorda com o mestre Federico Fellini quando ele disse que "o cinema é um modo divino de contar a vida".
Mais notícias para você
Últimas notícias

Protocolado o pedido de reunião extraordinária da executiva do MDB

Pouco antes das 15h, desta quinta (26), chegou à executiva do MDB, na sede do Diretório Estadual, em Florianópolis,...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }