Novembro 20, 2020

Entrevista com a primeira mulher presidente da Casa do Jornalista

Entrevista com a primeira mulher presidente da Casa do Jornalista
Foto: Antônio Carlos Mafalda

Primeira mulher a dirigir a Associação Catarinense de Imprensa, no triênio 2020-2023, a jornalista Déborah Almada conversou com a Making Of sobre os planos dessa nova gestão. Entre os destaques está uma diretoria específica para cuidar de casos envolvendo liberdade de imprensa.

Déborah começou a carreira de jornalista nas redações de veículos de comunicação, como repórter, editora e apresentadora de telejornais. Em 2002, já atuando na área de marketing e comunicação corporativa, criou a All Press Comunicação, agência de relações públicas especializada em assessoria de imprensa, marketing de influência, gestão de crises, produção de conteúdo e gestão de redes sociais para marcas.

 

Confira a entrevista na íntegra:

Making Of: Qual significado  para você assumir a presidência da Casa do Jornalista catarinense?
Déborah Almada: A presidência da ACI é consequência natural de um trabalho que já vínhamos fazendo - eu e outros colegas - sob a liderança do Ademir Arnon. O grupo está sendo ampliado agora, estamos trazendo novos colaboradores - mas o propósito continua o mesmo: renovar a entidade e fortalecer os pilares de defesa da liberdade de imprensa e do empreendedorismo criativo.


Making Of:  Quais são suas metas?
Déborah Almada: A nova gestão está criando uma diretoria específica para defender e sobretudo proteger os profissionais de imprensa, que vem sendo sistematicamente ameaçados em seu trabalho de reportar fatos. Vamos nos preparar para enfrentar com firmeza esses ataques.

Por outro lado, vamos ampliar as parcerias para consolidar nosso trabalho na área da inovação e da economia criativa. Queremos oferecer cursos, mentorias, compartilhar informação e ampliar as possibilidades de empreender na área da comunicação, consolidando um projeto que começou há algum tempo em parceria com o Sebrae e CocreationLab.


Making Of: Você entende que as mulheres já têm a devida posição de destaque no Jornalismo ou ainda há muito a conquistar?
Déborah Almada: As mulheres estão ocupado os espaços que já deveriam estar ocupando há muito tempo. É uma realidade em todo o mundo, algo necessário e irreversível em todos os segmentos da sociedade.


Making Of: Como você avalia o quadro geral da Comunicação no Estado?
Déborah Almada: A comunicação em geral vem passando por transformações profundas e isso se reflete nos modelos de negócio que mudam rapidamente e vão se adaptando as novas formas de conversar com o público. Não é um processo simples, muitas iniciativas vão ficando no meio do caminho, mas acredito que aos poucos, veículos, profissionais e anunciantes vão encontrando formatos diferenciados e economicamente viáveis.


Making Of: Entende que a imprensa cobriu adequadamente, até agora, o processo de impeachment do Governador?
Déborah Almada: A cobertura jornalística foi bastante impactada pela pandemia, mas o Estado tem bons e experientes profissionais na linha de frente. O jornalismo de forma geral perde muito com a falta do "olho no olho", da cobertura presencial, mas um bom repórter sempre dá um jeito de descobrir as informações que importam.


Making Of: E sobre o impacto da pandemia na Imprensa, tantos nos negócios quanto entre os  profissionais ?
Déborah Almada: A pandemia trouxe desafios, que ficaram bastante à mostra na cobertura eleitoral. Então, sob esse aspecto, o momento atual dificultou a cobertura jornalística.

Os negócios de comunicação também foram desafiados na pandemia: o dinheiro ficou mais curto e fazer jornalismo custa caro.


Making Of:  Uma palavra final sobre o futuro: tem esperança em que?
Déborah Almada: Acredito que vamos superar este ano desafiador em breve e teremos um período de retomada econômica. Mas acima de tudo, apesar de todos os tropeços e hostilidades, se tem algo que ficou claro nos últimos tempos é que o jornalismo é mais fundamental do que muitos pensavam.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!