Abril 20, 2021

FCB cria protesto virtual contra bloqueio por autoridades no Twitter

FCB cria protesto virtual contra bloqueio por autoridades no Twitter

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e o site Congresso em Foco lançam a campanha Bolos AntiBlock, protesto virtual contra o bloqueio por autoridades públicas no Twitter. Assinada pela FCB Brasil, a ação se inspirou nas receitas de bolo publicadas nas páginas de jornais censurados pela ditadura militar.

"De setembro de 2020 até agora, o monitoramento de jornalistas bloqueados por autoridades no Twitter feito pela Abraji registrou 174 casos envolvendo 88 profissionais. Quando isso acontece, limita-se o acesso do jornalista a informações de interesse público, sobretudo quando os perfis são usados para comunicar ações oficiais", diz Cristina Zahar, secretária executiva da Abraji. "Com a campanha queremos chamar atenção para o problema e provocar um debate em torno do tema."

Ao entrar no site e aceitar os termos de uso, a pessoa é convidada a se conectar ao perfil no Twitter para que a ferramenta rastreie se ele foi bloqueado e por quem.

Em seguida, é gerada uma cryptoarte única para cada usuário bloqueado por alguém em exercício do mandato, a partir de uma lista de autoridades inserida no sistema. São 600 nomes que incluem presidente, vice-presidente, secretários de governo, ministros de Estado e do STF, senadores, deputados federais e governadores.

Os bolos criptografados são registrados com a tecnologia NFT (token não fungível, em português), que garante a originalidade da obra. A opção pelo NFT se deu como forma de gerar uma espécie de boletim de ocorrência digital, certificado por blockchain, com o motivo do bloqueio, o bloqueado e o bloqueador.

Qualquer pessoa bloqueada pode gerar a sua cryptoarte na ferramenta Bolos AntiBlock e compartilhar o bolo virtual no perfil do Twitter. A galeria de bolos já reúne alguns jornalistas que tiveram o acesso à informação restringido por autoridades do poder público nas redes sociais, como Amanda Audi, diretora-executiva do Congresso em Foco.

"A ferramenta detectou que eu fui bloqueada pelo presidente, por dois ministros de Estado, um senador e dois deputados federais, portanto tenho quatro bolos únicos. Esse tipo de postura das autoridades é danosa para a democracia. Esperamos que a ação ajude a denunciar a arbitrariedade de impedir o acesso a redes sociais de pessoas públicas", diz Audi.

A plataforma foi desenvolvida pelo FCB Studio, núcleo de produção criativa da FCB Brasil, em parceria com a FCB Six, agência de Creative Data do grupo FCB.

Para saber se você foi bloqueado e participar da campanha, acesse: https://bolosantiblock.com.br/

 

FICHA TÉCNICA

CLIENTE: Abraji & Congresso em Foco

TÍTULO: Bolos AntiBlock

AGÊNCIA: FCB BRASIL & FCB SIX

PRODUTORA: FCB STUDIO

ESTRATÉGIA, CRIAÇÃO E PRODUÇÃO:

Amanda Fonseca, Amanda Redondo, Anna Martha, André Mezzomo, Bonnie Chung, Catarina Fugulin, Eduardo Luiz, Elton Longhi, Fábio Cristo, Fábio Freitas, Fabio Simões, Fernanda Geraldini, Ian Mackenzie, João Albertini, João Porto, Juscelino Vieira, Kayran Moroni, Liandra Monteiro, Marcelo Rizério, Maria Cacaia, Pedro Lazzuri, Priscila Noronha, Priscilla Olegario, Rafael Martins, Rafael Pascarella, Ramon Ballverdu, Renata D'Ávila, Ricardo Gomes, Ricardo John, Ricardo Silva, Rodrigo Fernandes, Rodrigo Resende, Samya Anjos, Théa Rodrigues, Thiago Bezerra, Thiago Fatichi

PARCEIROS DE TECNOLOGIA: Bruno Dias, Daniel Morsoleto, Edilson Osorio Jr, Fred Rezeau, Igor Magrini, Sandro Salles

PRODUTUTORA DE SOM: Shuffle Audio

LOCUÇÃO: Fabio Pannunzio, Marta Campos

APROVAÇÃO DO CLIENTE: Amanda Audi, Cristina Zahar, Mirella Cordeiro, Sylvio Costa, Thiago Assunção

Tags:
marketing
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!