15.5 C
fpolis
15.5 C
fpolis
segunda-feira, 4 julho, 2022

Festival FALA São Chico encerra com noite de premiação

Divulgação
Últimas notícias

Penúltimo dia da primeira edição do Festival Audiovisual Latino-Americano de São Francisco do Sul, a sexta-feira, 27, inicia com a formação FALA São Chico em dois pontos da cidade.

No prédio da Associação Empresarial de São Francisco do Sul (Acisfs), Fê Moreira ministra a oficina do SEBRAE, O audiovisual para impulsionar pequenos negócios, das 9h às 12h. Enquanto isso, no Centro Cultural Ester dos Passos Rosa, o jornalista argentino Sergio Romero aborda sobre as formas de produzir conteúdos audiovisuais de qualidade pelo smartphone com a oficina Documentário com Celular, que tem duração de oito horas.

À tarde, a primeira palestra do evento acontece na Acisfs. Mariana Mecchi,  Diretora de Articulação e Expansão do Instituto Alana, é ministrante da conversa sobre Entretenimento e impacto social.

A Mostra Infantojuvenil, como no dia anterior, possui uma sessão na parte da manhã, das 9h às 10h, e outra no período da tarde, das 15h às 16h. Com classificação indicativa livre, os filmes exibidos são O Karaokê de Isadora, de Thiago B. Mendonça; Somos Tierra, filme colombiano de Lala Corredor; e Aryane, de Ludmila Curi.

Já a Mostra Curtas, que inclui a mostra de filmes catarinenses e a mostra latino-americana, inicia às 19h30, no Cine Teatro X de Novembro, logo após a apresentação musical da banda Sem Vozz. Na noite de sexta-feira serão exibidos E aí, Campeão?, de Kristel K; Mais pro Meio, de Deiviane Velho; Arena de Náufrago, de Jeilin Espinel; Levante pela Terra – Pelo Direito à Vida e ao Território dos Povos Indígenas, de Ana Pessoa; La Búsqueda, filme colombiano de Jesús Palacio Flórez; O Elemento Tinta, de Luiz Maudonnet e Iuri Salles; Bestiário Invisível, de Tati Rabelo e Rod Linhales; e Filhos da Noite, de Henrique Arruda.

Encerrando a Formação FALA São Chico, a última oficina do Festival, A realização de filmes no ambiente escolar, com o cineasta e arte-educador Fabrício Borges, inicia às 9h de sábado (28) e encerra às 17h. A primeira palestra do dia, do consultor de políticas públicas, Daniel Celli, Film Commission para o desenvolvimento do Município, ocorre na Acisfs às 10h30. E à tarde, Malu Campos, Presidente Honorária da Red Tal – Rede Televisões da América Latina, ministra sobre Modelos de Coprodução regional e internacional.

O último dia do FALA São Chico também conta com uma sessão especial com três recursos de acessibilidade: janela de LIBRAS, audiodescrição e legendagem para surdos e ensurdecidos (LSE), esta última presente em todos os filmes exibidos nas mostras do Festival. A sessão da matinê de sábado tem como temática o Meio-Ambiente e exibe os filmes infantojuvenis Assum Preto, de Bako Machado; Olho além do Ouvido, de Bruna Schelb Corrêa e Luis Bocchino; Por Dentro das Árvores, de Francisco de Paula; e Teo, o menino azul, de Hygor Amorim, à partir das 11h.

Além disso, a Feira Artesanal Viver São Chico acontece durante todo o dia no Aterro Mercado Público. À noite, o show é por conta da banda Kaiçara. E, em seguida, os filmes premiados das Mostras Competitivas serão anunciados na Cerimônia de Premiação. Finalizando a primeira edição do Festival, o longa convidado a ser exibido é Diário Dentro da Noite, do renomado ator, dramaturgo, produtor, pintor, e diretor Chico Diaz.

Mais detalhes da programação e atualizações sobre o Festival aqui.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Todo mundo virou jornalista

Ficou no passado a visão romântica de que Jornalismo bem feito é aquele conhecido pela isenção, que procura apresentar...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }