20.9 C
fpolis
20.9 C
fpolis
segunda-feira, 4 julho, 2022

FLORIPA PLENITUDE NEGRA, BELEZA AFRO!

fotos/DIVULGAÇÃO
Últimas notícias

A questão do empreendedorismo feminino negro tem revelado iniciativas e conquistas há bem pouco tempo não imaginadas. Barradas pelo preconceito ou pela falta de autoestima, a grande maioria não enxergava as oportunidades que estavam bem na frente dos olhos, bastando apenas derrubar as barreiras e trazer para a realidade um universo de possibilidades. Foi e está sendo assim em muitas áreas de conquistas da população negra, que enfrenta muitos obstáculos ainda, infelizmente. Mas com a luta incessante pelos direitos, as portas se abrem cada vez mais, criando um movimento sem volta.

Acaba de ser lançada a segunda edição do Projeto Estética Afro Empreendedorismo, uma iniciativa do Instituto Nação Brasil. Pioneiro no país, o projeto faz uso da estética afro como ferramenta de inclusão social e profissional, motivando e qualificando mulheres e meninas negras da Grande Florianópolis para o mercado de trabalho e geração de renda familiar.

Afro empreendedorismo, cursos de tranças afro e de maquiagens para pele negra fazem parte dos cursos e treinamentos , com inscrições e o acesso totalmente gratuitos. De acordo com os envolvidos no projeto, muita gente preparada e obstinada, além de estimular a formação profissional, vai possibilitar a inserção da população negra no mercado de trabalho, como cidadãos responsáveis e produtivos, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e com mais oportunidades para todos.

Nas fotos as palestrantes, instrutoras e parceiras do projeto: Laia Orisa, Thayse Cristine, Aline da Costa, Aline Pereira, Caroline Maier, Vitori Silva e Talita Matos

 

TITÃS COMO NUNCA!

TITÃS NO TRIO ACÚSTICO foto/SILMARA CIUFFA

Uma atração e tanto para este começo de junho e que marca mais um passo na extraordinária carreira do grupo Titãs, que atravessa gerações como um foguete que não para, mas com rumo sempre revisto ao longo do tempo. Eles são incansáveis e depois de lançar CD e DVD da primeira ópera rock brasileira, “Doze Flores Amarelas”, e os três EPs da série Trio Acústico, com um mix de grandes sucessos, o grupo realiza o desejo dos fãs que pediam uma comemoração pelos vinte anos do clássico Titãs Acústico MTV.

Lançado em 1997, o projeto de enorme sucesso, o mais exitoso de todos os Acústicos MTV, foi um fenômeno com mais de dois milhões de cópias vendidas, ganhador de discos de ouro, platina e diamante. No show tão desejado pelo público, Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Bellotto montaram um encontro afetivo e despojado com a plateia. Com violões, piano, guitarra acústica e contrabaixo recriam canções do Titãs Acústico MTV e acrescentam outras canções históricas, como “Epitáfio”, “Isso”, “Enquanto Houver Sol”, “Porque Eu Sei Que é Amor”, “Toda Cor” e muitas outras. O show conta ainda com as participações especiais de Mário Fabre, Beto Lee e o baixista Caio Góes Neves, que substitui Branco Mello até seu retorno aos palcos.

Chamados pelos fãs de “Trio de Ferro”, os Titãs contam histórias e trocam ideias com o público, aproveitando o clima intimista do show, coisa rara na carreira do grupo. O show acontece no próximo sábado, 4 de junho, às 21 horas, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis.

Aqui vídeos do acústico para você fazer um esquenta antes do show ao vivo.

 

CONSTRUTORES DE PADRÃO – OBRAS SÃO VIDAS

MARCELO MOISÉS STANGER e MARCOS FLORES

A afirmação é óbvia, mas todo mundo já passou por uma dor de cabeça quando o assunto é obra, seja do tamanho que for, das mais simples às mais complicadas e sofisticadas. Um furo errado, uma metragem equivocada, um material inapropriado fazem parte de uma lista interminável de preocupações numa reforma ou obra nova. Foi nesse cenário que dois construtores formados em técnica de edificações encontram na Grande Florianópolis espaço de trabalho num mercado cheio de aventureiros e que acabam aumentando a tal dor de cabeça, principalmente nesta fase pós-pandemia, que deixou muita gente sem emprego e a construção civil é um lugar onde muita gente está tentando se recolocar, mesmo sem capacitação.

Marcelo Moisés Stanger e Marcos Flores enxergaram na engenharia estrutural e estética uma oportunidade de fazer diferente e garantir qualidade entre as etapas do trabalho dos engenheiros e arquitetos. E a jornada de especialização deu tão certo que hoje os dois se destacam no que fazem e conquistam cada vez mais espaço num setor extremamente exigente, principalmente onde estão as obras de alto padrão. Nas obras, eles se responsabilizam por muita coisa, desde pintura, gesso, hidráulica, revestimentos e elétrica, entre tantos serviços de infraestrutura. “Fizemos parte fundamental daquilo que muitas vezes fica escondido e encontramos uma posição de mercado com muita formação e experiência, inspirados no que faltava e a vontade de entregar nosso trabalho bem feito”, diz Marcelo Moisés.

E lá se vão 18 anos de atuação na construção civil, um mercado que usa muita tecnologia e evolui rapidamente, exigindo que os dois construtores estejam sintonizados com essa evolução, valorizando cada conquista e deixando desde já um legado sobre como transformar uma ideia em realidade: ter o próprio negócio, enfrentar as dificuldades com otimismo e construir seus sonhos como se fosse a obra mais importante da vida, da deles e de quem vai habitar as construções por onde passam.

Marcelo e Marcos acertando os detalhes de uma obra

 

VERVE, ARTE DE INTERPRETAR

Os atores Antônio Cunha, Berta Sant`anna, Édio Nunes e José Reinaldo Faleiro

Eles simplesmente amam a arte e o que fazem uma vida inteira. Estreia hoje, 1 de junho, a série Verve, a arte de interpretar, com oito episódios mostrando as trajetórias de grandes artistas do teatro e também do cinema. A produção é da Paradoxo Filmes em parceria com a Contraponto, de Florianópolis.

Os episódios da série são dedicados a oito artistas: Margarida Baird, Berna Sant’Anna, Ivana Fossari, Sandra Ouriques, Édio Nunes, José Ronaldo Faleiro, Antonio Cunha e Nazareno Pereira. Estes nomes também são representativos por trazer à tona a história de companhias de teatro marcantes para o movimento das artes cênicas, como o Grupo Armação, Grupo Pesquisa Teatro Novo, Dromedário Loquaz e o Teatro Sim… Por Que Não?. Estes grupos, ainda em atividade, são parte da história do teatro nas últimas cinco décadas em Florianópolis, e se destacam na cena teatral brasileira.

A diretora da série, Kátia Klock, da Contraponto, conta que a escolha para este recorte, selecionando artistas com mais de 60 anos, é outro fator relevante da série. “Projetar um foco de luz nestas atrizes e atores, enquanto personagens reais da história cultural que está sendo escrita em nossa cidade e estado, é uma forma de valorizar o fazer artístico e documentar trajetórias tão importantes”.

Priscila Beleli, produtora executiva da Paradoxo, destaca que “a série proporciona um encontro da linguagem híbrida entre o teatro e o audiovisual. Estar em contato com esses artistas foi emocionante. Atores e atrizes de teatro têm esse calor do momento, de não ter corte, de ser uma repetição de textos que a cada dia é diferente.”

A série foi contemplada pela Lei Aldir Blanc, através da Fundação Catarinense de Cultura e Governo do Estado. O lançamento com a exibição dos oito episódios é aberto ao público, na Sala de Cinema Gilberto Gerlach, no Centro Integrado de Cultura (CIC), às 19h30. O evento também pode ser acompanhado em https://www.facebook.com/events/744096063445978?ref=newsfeed

Abaixo uma chamada da série:

Ivana Fossari, Margarida Baird, Nazareno Pereira e Sandra Ouriques Fotos/DIVULGAÇÃO

 

PRÓLOGO COLETIVO

Obra da mostra do artista GIBA DUARTE

Já está aberta no casarão da Fundação Badesc, em Florianópolis, a primeira exposição individual do artista Giba Duarte, “Prólogo Sobre Experiência Coletiva”. A mostra, que é uma instalação inédita do artista, é formada por fotografias, objetos têxteis, vídeos, desenhos, bordados, pinturas, máscaras e pequenos objetos, um ambiente de ocupação coletiva, de oficina e ateliê. “Por tratar meu trabalho como uma espécie de escrita expansiva, penso essa instalação como um prólogo, por ser uma mostra que contém outras vozes e escritos, com a presença de trabalhos colaborativos e também feitos em ambientes coletivos”, explica o artista. A Fundação Cultural BADESC fica na Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro de Florianópolis. A visitação gratuita pode ser feita das 13h às 19h, de segunda a sexta-feira.

 

PIANISTA INTERNACIONAL E LOCAL

Pianista PABLO ROSSI foto REDES SOCIAIS

O pianista catarinense Pablo Rossi, que circula o mundo fazendo concertos marcantes, veio a sua cidade presentear com seu trabalho a reabertura do Teatro da Igrejinha da UFSC e a inauguração do novo piano, projeto da Secretaria de Cultura e Arte da Universidade Federal de Santa Catarina. Ele próprio um agente incentivador da cultura local, fez questão de agradecer a oportunidade de participar do projeto que segue com concertos de outros artistas. Dono de uma trajetória cheia de conquistas mundo afora, Pablo Rossi faz questão de enaltecer e participar dos movimentos que preservem e valorizem a cultura local. “É uma alegria participar de projetos que enriquecem a cultura da minha cidade de origem e que precisam de destaque e divulgação e assim possam perdurar e se integrar na rotina da nossa sociedade”, diz o pianista.

_________________________________________

Na próxima semana mais gente e lugares aqui na coluna.

No instagram @anselmoprada.

Anselmo Prada
Jornalista, produtor e gestor de conteúdo, pessoas e eventos. Foi repórter, editor, coordenador de reportagem, editor-chefe do Jornal do Almoço, chefe de redação da RBS TV e gerente de programação NSC/Globo em Santa Catarina. Além do jornalismo, desenvolveu e dirigiu diversos projetos de entretenimento para a televisão. Com carreira destacada na comunicação catarinense, se interessa com mais profundidade sobre o que fazem as pessoas, em todas as áreas, como elas mostram suas particularidades, desenvolvem seus projetos, criam oportunidades, oferecem ajuda aos outros e como estão inseridas dentro da imensa diversidade de um mundo cada vez mais plural. Um observador da vida, buscando histórias e percebendo o que existe de único e inspirador em cada pessoa ou lugar. No Portal Making Of traz semanalmente os destaques de gente e lugares que estão em conexão com o tempo e preparando o futuro. Contato: e-mail pradafloripa1@gmail.com, WhatsApp (48)99163-6710 e Instagram @anselmoprada.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Todo mundo virou jornalista

Ficou no passado a visão romântica de que Jornalismo bem feito é aquele conhecido pela isenção, que procura apresentar...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }