18.5 C
fpolis
18.5 C
fpolis
domingo, 29 maio, 2022

Gean está em busca da estadualização do nome

Gean Loureiro conversou por duas horas e meia com Antídio Lunelli, em Jaraguá do Sul. REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Últimas notícias

Antes de seguir para Brasília esta semana, onde tem encontro com a cúpula do União Brasil para tratar da aliança nacional com MDB, PSDB e Cidadania, que pode dar frutos no Estado, o ex-prefeito da Capital Gean Loureiro imprimiu o mesmo ritmo forte e passou pelas regiões Norte, Grande Florianópolis e Serra Catarinense para seguir seu principal desafio; estadualizar o nome.

A estratégia está desde a degustação da empadinha Jerke, de Joinville, reunião com centenas de líderes da maior cidade catarinense, uma reunião com o prefeito Adriano Silva (NOVO), o encontro com o ex-prefeito e pré-candidato do MDB Antídio Lunelli (foto), que durou duas horas e meia, para conhecer as empresas dele em uma retribuição de cortesia, em Jaraguá do Sul, e conversas com o ex-governador Raimundo Colombo e o prefeito Antônio Ceron, ambos do PSD.

Gean tem defendido uma posição interessante, a de se encontrar com as pessoas e não publicar fotos com os políticos, pois considera que o gesto não ajuda a sua empreitada, mas, de fato, favorece os que saem no registro e usam o encontro para fomentar leituras diversas.

Ainda sobre a aliança nacional, Gean reforça que auxilia na formação de uma costura no Estado, mas não é decisiva, tampouco impositiva, embora não descarte que tem uma boa química com tucanos e emedebistas catarinenses, aliás duas siglas às quais foi filiado e deixou simpatizantes e contrariados.

 

Em números

Se vingar a aliança nacional que promete divulgar o nome de um candidato único à Presidência, dia 18 de maio, o União Brasil quer estar junto com o PSDB em 15 estados, na base de que haverá concessões mútuas onde o candidato de um ou de outro for o mais forte tiver melhor desempenho.

As prioridades passadas pelo presidente nacional e pré-candidato ao Planalto, deputado Luciano Bivar (PE), é a de que a prioridade são as eleições aos governos estaduais em Santa Catarina, com Gean; Goiás, com Ronaldo Caiado (que concorre à reeleição); Bahia, com ACM Neto; Mato Grosso, com Mauro Mendes; e Rondônia com o governador Marcos Rocha.

No mais, o União quer fazer o que todos querem e necessitam: eleger o maior número possível de deputados federais para manter o tempo de rádio e TV e o Fundo Partidário, o maior atualmente baseado no desempenho de PSL e DEM, agora fundidos, na eleição de 2018.

 

Frequente

Outra frente que movimenta Gean, mas também serve para Jorginho Mello (PL) e Antídio Lunelli (MDB) é a busca de parceiros efetivos para o projeto ao governo.

O ex-prefeito da Capital tem se reunido com frequência com o ex-governador Raimundo Colombo (PSD), partido que o pré-candidato do União dava como certo ao seu lado, promessa alinhavada pelo deputado Julio Garcia, que deve viabilizar a própria candidatura caso feche com o PP, de Esperidião Amin.

Gean tem um forte cabo eleitoral, o prefeito de Chapecó João Rodrigues (PSD), que buscou, nos últimos dias, aproximações com o governador Carlos Moisés (Republicanos), sem sucesso.

 

Com Adriano

“Quem estiver com Joinville terá meu apoio incondicional!” foi a resposta do prefeito Adriano Silva quando Gean perguntou o que ele precisaria caso o candidato do União Brasil fosse eleito governador.

Adriano é do NOVO, partido que prevê no estatuto estar coligado somente com aquelas siglas que tenham exatamente a mesma linha programática e ideológica.

 

Candidato ao governo

O partido de Adriano tem no promotor de Justiça Odair Tramontin como pré-candidato ao governo do Estado.

Sobre Tramontin, além da vitoriosa carreira profissional, você já ouviu falar duas vezes na política: ficou em terceiro na eleição à prefeitura de Blumenau, pelo NOVO, pouco atrás de João Paulo Kleinübing (DEM), em 2020; e figurou no pré-secretariado de Gelson Merisio (então no PSD), em 2018, anunciado para a Segurança Pública do Estado no segundo turno da eleição ao governo, uma das situações mais arrogantes que a política catarinense já produziu.

Evidentemente, na cartada errática de Merisio, Tramontin foi envolvido como tantos outros.

 

Estatísticas

Não passam 26 horas, nos últimos 35 dias, sem que algum prefeito ou deputado estadual ou federal elogie a administração estadual de Carlos Moisés e pregue a sua reeleição.

A manifestação é plural, vem de todos os partidos, e foi complementada, neste fim de semana, pelo anúncio de alguns prefeitos da Associação dos Municípios do Planalto Sul (Amplac), em Campos Novos, com as bênçãos do deputado Romildo Titon (MDB), um dos maiores entusiastas do apoio a Moisés.

 

No DF

Moisés também estará em Brasília esta semana.

Em um dos compromissos, participará da Marcha dos Prefeitos, que começa nesta segunda (25) e vai até quinta (28).

O governador de Santa Catarina tem muito a mostrar no quesito municipalismo na prática, distribuição de recursos próprios do Estado capaz de provocar ciumeira, principalmente pelo Plano 1000.

 

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

TRABALHISTA NA PISTA

Com muita festa, o PDT de Balneário Camboriú lançou a pré-candidatura de Allan Schroeder a deputado federal. Schroeder tem trabalhado muito nas bases trabalhistas e agora ganha o impulso da cúpula para disputar uma cadeira na Câmara. No evento, com casa cheia, as presenças do presidente estadual Manoel Dias, na foto com o pré-candidato, e o deputado estadual Rodrigo Minotto, além do pré-candidato a governador Jorge Boeira, os ex-deputados Magnus Guimarães e Jaime Manteli e o vereador Patrick Machado, de Balneário Camboriú.

Roberto Azevedo
Roberto Azevedo tem 37 anos de profissão. Estudou jornalismo na UFSC, de Florianópolis, e direito na FURB, de Blumenau. Foi repórter, editor, chefe de Reportagem, chefe de Redação, editor-chefe, gerente e diretor de Jornalismo, na RBS TV de Blumenau e Florianópolis, na TV Record de Florianópolis, na Rede TV Sul! e na TVBV (Barriga Verde, BAND); comentarista na RIC TV Record e na Record News, e colunista no Diário Catarinense (onde também foi editor de Política) e no Notícias do Dia, tendo blogs nas versões digitais das edições. Atuou nas rádios União de Blumenau e União FM de Florianópolis, e na Rádio Record da Capital catarinense. Além de ter uma coluna no Portal Making Of, desde setembro de 2016, faz comentários sobre política e economia na Rádio Cidade em Dia FM, de Criciúma, e na TVBV (BAND), de Florianópolis.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Jesse Koz e Shurastey serão homenageados com pintura e dog park em BC

O influenciador Jesse Koz e o cão Shurastey, que morreram em um acidente de trânsito nos Estados Unidos, na...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }