19.2 C
fpolis
19.2 C
fpolis
sábado, 28 maio, 2022

Golpe no WhatsApp usa site falso do BC para roubar dados

Últimas notícias

[ad_1]

Golpe no WhatsApp usa site falso do BC para roubar dados

Reproduções/Kaspersky

Desde o aumento do interesse dos brasileiros para saber se têm dinheiro a receber dos bancos, que fez o cadastro no site “Valores a Receber” do Banco Central sair do ar, os especialistas da Kaspersky estão monitorando o tema e identificaram diversos sites falsos explorando o cenário. Em todos os casos, os criminosos solicitam nome completo e CPF em troca de uma consulta no sistema do Banco Central – vale lembrar que a ação está indisponível até a próxima segunda, 14.

O esquema de golpe chama atenção dos especialistas da Kaspersky, pois o início é igual aos inúmeros esquemas disseminados via WhatsApp que a empresa já detectou: uma mensagem chamativa enviada pelo app de mensagem que precisa ser compartilhada com 10 contatos para que a vítima tenha o benefício liberado. No caso do novo golpe, a consulta verifica se há valores a receber e a promessa de saque instantâneo via PIX do montante devido pelo banco.

Ao clicar no link da mensagem fraudulenta, a vítima é enviada para sites falsos que tentam se passar pelo sistema Registrato – um deles ainda traz o logo do Banco Central para tentar transmitir mais credibilidade. Para realizar a consulta, é necessário informar o nome completo e o CPF. Em ambos os casos, o site sempre mostrará que a vítima tem um valor para receber – entre 1 mil e 4 mil reais nas simulações feitas pelos especialistas da Kaspersky.

Para realizar o saque, a vítima precisa informar a chave PIX e compartilhar o golpe com amigos via WhatsApp. Assim acontecem duas ações diferentes, após o compartilhamento: na primeira, o site pede permissão para enviar notificações pelo navegador do celular.

“Ao aceitá-la, a vítima será bombardeada por mensagens fraudulentas. Recebi em média quatro notificações por dia com temas variados. Analisando a estrutura usada pelo criminoso, ainda conseguimos encontrar outros golpes chamativos, como um “vale gás”, uma ação promocional usando o reality show Big Brother Brasil e várias mensagens usando o PIX. Isso mostra como agem esses grupos: escolhem vários temas populares e atiram sem parar esperando um momento de desatenção das pessoas”, afirma Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky no Brasil.

 

 

Para evitar ser vítima, além da atenção, a Kaspersky recomenda:

– Olhar com cuidado o endereço do site, evitando compartilhar dados pessoais em sites diferentes dos oficiais.

– Estar atento aos “comunicados oficiais”, já que o Banco Central informou que o sistema do Registrato só estará de volta no próximo dia 14.

– Avaliar cuidadosamente antes de aceitar as notificações. O ideal é permitir apenas programas essenciais, como os alertas de programas financeiros.

– Usar uma solução de segurança de confiança, como o Kaspersky Internet Security, para bloquear o acesso a esses sites fraudulentos.

[ad_2]

Source link

Anselmo Prada
Jornalista, produtor e gestor de conteúdo, pessoas e eventos. Foi repórter, editor, coordenador de reportagem, editor-chefe do Jornal do Almoço, chefe de redação da RBS TV e gerente de programação NSC/Globo em Santa Catarina. Além do jornalismo, desenvolveu e dirigiu diversos projetos de entretenimento para a televisão. Com carreira destacada na comunicação catarinense, se interessa com mais profundidade sobre o que fazem as pessoas, em todas as áreas, como elas mostram suas particularidades, desenvolvem seus projetos, criam oportunidades, oferecem ajuda aos outros e como estão inseridas dentro da imensa diversidade de um mundo cada vez mais plural. Um observador da vida, buscando histórias e percebendo o que existe de único e inspirador em cada pessoa ou lugar. No Portal Making Of traz semanalmente os destaques de gente e lugares que estão em conexão com o tempo e preparando o futuro. Contato: e-mail pradafloripa1@gmail.com, WhatsApp (48)99163-6710 e Instagram @anselmoprada.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Vídeo: Japonês gasta R$ 75 mil para se transformar em cachorro

No Japão, um homem gastou cerca de 2 milhões de ienes (aproximadamente R$ 75,9 mil) para realizar o sonho...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }