Abril 20, 2021

Governo angolano suspende atividades da Record no País

Governo angolano suspende atividades da Record no País
Reprodução

O governo angolano mandou suspender a partir de amanhã, 21, as atividades da Record TV Africa, afiliada da emissora sediada em Angola, com transmissão para a África Subsaariana.

A decisão foi tomada pelo Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (Minttics), por conta de inconformidades com a legislação angolana.

Segundo divulgou o site Notícias da TV, a principal questão que levou à suspensão por irregularidade se refere ao fato de o diretor-executivo da afiliada não ser um angolano, e sim um estrangeiro (brasileiro).

De acordo com o comunicado oficial, "a empresa Rede Record de Televisão Angola Ltda., que responde pela Record TV Africa, tem no exercício de função de diretor-executivo um cidadão não nacional" [o brasileiro Fernando Henrique Teixeira], e "os quadros estrangeiros da empresa que exercem atividade jornalística no país não se encontram creditados nem credenciados no centro de imprensa Aníbal de Melo".

As atividades serão suspensas a partir de 0h de quarta-feira, "até a sua regularização junto à direção nacional de informação e comunicação institucional”.

Também foram suspensos, no mesmo anúncio, os canais Zap Viva e Vida TV, além de algumas revistas e jornais.

Ao NTV, a Record afirmou que foi "surpreendida" pela decisão, que "sempre se pautou pela legalidade" e irá "adotar medidas legais de respostas cabíveis contra o referido ato". A emissora diz que buscará esclarecimento sobre as supostas irregularidades.

Tags:
comunicacao
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Onze 3

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!