Portal Making Of

Irani aportou R$ 3,2 milhões para projetos sociais, educacionais e esportivos

A Irani, uma das principais indústrias nacionais de papel e embalagens sustentáveis, aportouno ano passado R$ 3,2 milhões para beneficiar diretamente as comunidades onde está inserida. O valor foi 28% acima dos R$ 2,5 milhões pulverizados em diferentes projetos em 2021, também por meio de leis de incentivo fiscal e via fundos da infância e adolescência e fundo do idoso.

Os projetos foram escolhidos pela aderência à Política de Sustentabilidade e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, priorizando o aporte para 22 iniciativas que serão realizadas nas comunidades onde a empresa atua, nos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

“A forma como construímos a base de seleção dos projetos apoiados é uma maneira de garantirmos que parte dos impostos gerados pela empresa retornem diretamente aos municípios onde estamos inseridos, criando impacto positivo localmente. Todas as empresas podem e devem ter esse olhar para suas comunidades”, explica o diretor-presidente da Irani, Sérgio Ribas.

Em Santa Catarina – onde a Irani atua há mais de 80 anos e possui seu maior parque industrial – foram concentrados os aportes para o Fundo do Idoso e o Fundo da Infância e Adolescência de sete municípios: Joaçaba, Herval d’Oeste, Irani, Catanduvas, Ponte Serrada, Vargem Bonita e Concórdia.

Pela Lei de Incentivo ao Esporte, a companhia renovou parceria com duas organizações que trabalham o desenvolvimento da cidadania por meio da prática esportiva: a Associação de Basquete de Luzerna, Joaçaba e Herval D’ Oeste (ABLUJHE) e a Associação Joaçaba Esporte e Cultura AJEC (Joaçaba Futsal), que ampliará os trabalhos realizados criando um núcleo para Campina da Alegria, em Vargem Bonita (SC).

Por meio da Lei de Incentivo à Cultura, a Irani seguirá apoiando as oficinas de teatro, música e dança da Sociedade de Cultura Artística de Joaçaba e Herval D’Oeste (SCAJHO). A empresa também destinou recursos para a 6ª edição do concurso “Sabe o Lixo? Virou Arte!”, que temo objetivo de sensibilizar professores e alunos de escolas públicas para a importância da cultura como ferramenta de preservação ambiental e para a inclusão social. O trabalho inclui oficinas de música e de teatro com a construção de instrumentos e cenários a partir de materiais recicláveis, além de palestras de formação pedagógica. A novidade para 2023 é a possibilidade de extensão deste projeto para o litoral gaúcho, onde a companhia possui uma fábrica de resina e operações florestais. O Rio Grande do Sul também receberá o projeto Ciência Divertida, com espetáculos teatrais focados em educação ambiental e valorização da reciclagem. Esta iniciativa tem turnê em Indaiatuba (SP), prevista para 2023.

Na área dos esportes, em São Paulo, ampliou o investimento no Grupo de Ajuda dos Amigos Deficientes de Indaiatuba (GAADIN), incentivando a inclusão social por meio do esporte como o basquete em cadeira de rodas e novas modalidades a partir deste ano como atletismo, natação, paraciclismo e levantamento de peso.

Valorizando a identidade cultural e a história de Minas Gerais, a Irani apoiará a III Mostra de Teatro Popular e apresentará o projeto Revolixão com espetáculos e oficinas para professores e alunos de escolas públicas, com foco na reciclagem, uso racional e reuso de materiais. Ambos os projetos são da Cia Lamparina, especializada em artes cênicas e que, em 2022, completou 10 anos de fundação. A Irani também renovou, por mais um ano, seu apoio à Associação Argos para a continuidade e ampliação do núcleo de xadrez na Escola Senador Bernardo Monteiro, no município de Santa Luzia (MG).

Nacionalmente, a empresa está apoiando, por meio da Lei do Audiovisual, o filme “Colegas 2”, reforçando seu compromisso com a inclusão social de pessoas com deficiência. No final do ano passado, também com abrangência nacional, a Irani realizou a Jornada de Aceleração Social por meio de seu Núcleo de Sustentabilidade, em parceria com a Incentiv.me, oferecendo quatro oficinas de capacitação técnica on-line e gratuita sobre as leis de incentivo e elaboração de projetos.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Secom suspende concorrência para contrato digital

A Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República oficializou, nesta terça-feira, 16, a suspensão da licitação para contratação de empresas prestadoras de serviços

Leia mais

Secom suspende concorrência para contrato digital

A Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República oficializou, nesta terça-feira, 16, a suspensão da licitação para contratação de empresas prestadoras de serviços