10.3 C
fpolis
10 C
fpolis
sábado, 21 maio, 2022

Jornalistas são agredidos em evento de Bolsonaro na Bahia

Últimas notícias
Jornalistas são agredidos em evento de Bolsonaro na Bahia

Em mais um ataque contra a imprensa, seguranças do presidente Jair Bolsonaro agrediram ontem, 12, jornalistas em Itamaraju, na Bahia, durante visita de Bolsonaro ao local após fortes chuvas que causaram estragos na região. Eles cobriam o pouso do helicóptero do presidente no estádio municipal Juarez Barbosa, em Itamaraju.

Na ocasião, os repórteres Camila Marinho e Cleriston Santana, da TV Bahia (afiliada da Globo no Estado), e aos repórteres Xico Lopes e Dario Cerqueira, da TV Aratu (retransmissora do SBT) tentaram se aproximar com os microfones para entrevistar o chefe do Executivo, quando foram impedidos pelos seguranças. Um deles chegou a segurar Camila Marinho pelo pescoço com o antebraço e dar um “mata-leão” nela. A pochete da repórter também foi arrancada por apoiador e depois recuperada pelo repórter de outra emissora.

Um vídeo nas redes sociais mostra um dos momentos de agressões. Um segurança do presidente tentou evitar que os repórteres levassem os microfones para perto de Bolsonaro e quando um microfone encostou nele, o segurança ameaçou: “Se bater de novo, vou enfiar a mão na tua cara. Não bata em mim, não batam em mim”, falou. Veja aqui

A comitiva presidencial então seguiu para a sala de comando da operação, dentro de uma escola. As equipes de reportagem não acompanharam, para evitar novas confusões. 

Em nota, a TV Globo cobrou providências da Procuradoria-Geral da República (PGR) em ação em que são questionadas agressões de Bolsonaro a jornalistas:

As agressões deste domingo mostram que já passou da hora de a Procuradoria-Geral da República dar o seu parecer na ação que corre no Supremo, tendo como relator o Ministro Dias Toffoli. A imprensa cumpre um direito inscrito na Constituição e deve ter a sua segurança garantida.

As cenas bárbaras deste domingo e aquelas ocorridas na Itália, no dia 31 de outubro, ensejam duas constatações. Se os seguranças agem por contra própria, a Presidência deve ser responsabilizada por omissão. Se agem seguindo ordens superiores, a Presidência deve ser responsabilizada por atentar contra a liberdade de imprensa e fomentar a violência contra jornalistas. Além disso, é escandalosa a atitude da Presidência de deixar jornalistas à própria sorte, em meio a apoiadores fanáticos, que são insuflados quase diariamente pelo próprio presidente em sua retórica contra o trabalho da imprensa.

Frente aos evidentes e graves riscos enfrentados por repórteres de todos os veículos, é urgente que o Judiciário se pronuncie. A Globo repudia as agressões aos repórteres Camila Marinho e Clériston Santana, da TV Bahia, e aos repórteres Xico Lopes e Dário Cerqueira, da TV Aratu, e se solidariza com eles.

Numa rede social, o governador da Bahia, Rui Costa, do PT, prestou solidariedade à equipe de reportagem da Globo. Rui Costa escreveu: “A liberdade de imprensa é pilar fundamental da democracia e qualquer ataque ao jornalismo merece repúdio. O momento é de trabalho e solidariedade no extremo sul. Repudio violência contra a imprensa e oportunismo num momento de dor diante de uma tragédia. Vamos trabalhar”.

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo divulgou nota em que repudia as agressões e “demanda que as autoridades competentes orientem a equipe de segurança do presidente para que respeite o trabalho dos jornalistas, pois lamentavelmente esse tipo de agressão vem se repetindo. Além disso, a Abraji exige que Jair Bolsonaro cesse os ataques verbais contra a imprensa, os quais incentivam sua militância a agredir repórteres e impedir seu trabalho, que é garantido pela Constituição Federal”.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Os “semideuses” da era digital e a guerra pelo poder

Os “semideuses” da era digital e a guerra pelo poder “Nossos ídolos ainda são os mesmos...”, escreveu Belchior na linda...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }