Janeiro 21, 2021

Julio está livre pelas mãos dos deputados

Julio está livre pelas mãos dos deputados
REPRODUÇÃO/TVAL

A falta de uma condenação e o fato de sequer ser réu na investigação da Operação Hemorragia, desdobramento da Operação Alcatraz, onde o deputado Julio Garcia já foi denunciado pelo Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro e corrupção, prevaleceu no voto da maioria dos 35 deputados presentes à sessão virtual na Assembleia, nesta quinta (21), para revogar a prisão e restabelecer as atividades na casa e na presidência do Legislativo Estadual.

Foram 30 votos sim, três não e duas abstenções. Houve certa divergência, levantada pelos deputados João Amin (PP) e Ivan Naatz (PL) quanto a totalidade da resolução, que teve o deputado Kennedy Nunes (PSD) como relator, e ambos queriam apenas que a revogação da prisão de Julio fosse votada. Acabaram convencidos e seguiram o relator.

Mas os argumentos não foram aceitos pelos deputados Bruno Souza (NOVO), Jessé Lopes (PSL) e Sargento Lima (PSL), enquanto Ana Caroline Campagnolo (PSL) e Fernando Kreling (MDB) se abstiveram.

O mais evidente é que os deputados votaram sob pressão, considerada desnecessária por alguns, mas no melhor estilo corporativista, afinal pode ocorrer com qualquer um deles, seja presidente da Assembleia ou não, embora a polêmica sobre a constitucionalidade da prisão e do afastamento das funções parlamentares contenha um grande potencial para debates e teses.

 

Não demorou

Nem havia sido concluída a votação em plenário e nova prisão de Julio Garcia e de Jefferson Colombo, em cima da fase anterior da Operação Alcatraz, foi determinada pela juíza substituta da 1ª Vara Federal de Florianópolis.

O desgaste da primeira revogação deverá se repetir, mas o primeiro vice-presidente Mauro De Nadal (MDB), futuro presidente da casa, disse que precisa aguardar a chegada dos documentos da investigação que originou a nova detenção para deliberar em plenário.

 

Na CCJ  

Na reunião da Mesa e do Colégio de Líderes, que precedeu a análise na Comissão de Constituição e Justiça, o líder PL, deputado Ivan Naatz, abriu porque acentuava a excessiva pressa para se fazer a resolução, que, mais tarde, revogou a prisão de Julio.

Naatz não estava sozinho, foi acompanhado pelos líderes do PL, PSL, PP, PDT e o Novo, mas foram superados pelos líderes  do MDB, PSC, PSB, PSDB e PSD.

 

Cumprido

Na deliberação da maioria dos deputados foi cumprido indiretamente o acordo pela eleição da nova Mesa Diretora do parlamento estadual.

Qualquer ato menos brusco e contra a deliberação que beneficiasse Julio Garcia poderia ter efeitos imprevisíveis.   

 

REPRODUÇÃO

UM AMIN É POUCO, DOIS...

Quando defendia sua posição definitiva e já estava inclinado a seguir o relator pela revogação da prisão e pelo retorno às atividades parlamentares de Julio Garcia, o deputado João Amin foi protagonista de um fato curioso em plena sessão ao vivo. Entrou na estatística de quem se arrisca nas lives, durante a reunião remota da Assembleia. Um tranquilo senador Esperidião Amin, sem camisa, no melhor estilo de quem está de folga passou atrás. Com um sorriso, João alertou que o pai passara atrás dele, mas não teve tempo para efetivar o desligamento da câmera.     

Tags:
roberto-azevedo política economia bastidores da política Santa Catarina
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Roberto Azevedo

Roberto Azevedo
Jornalista com 36 anos de profissão. Foi repórter, editor, chefe de Reportagem, editor-chefe, chefe de Redação, gerente e diretor de Jornalismo na RBS TV (Blumenau e Florianópolis), hoje NSC TV; na TV Record (Florianópolis) e na Rede TV Sul (hoje SCC SBT); comentarista na RIC TV (hoje NDTV) e na Record News; editor de Política e colunista no Diário Catarinense (DC), e colunista no Notícias do Dia (ND). Atuou nas rádios União AM e FM (Blumenau e Florianópolis) e na Rádio Record da Capital. Atualmente, além do Making Of, faz comentários na Rádio Cidade em Dia FM, de Criciúma, e é diretor de Conteúdo na TVBV (Band).
  • Youtube

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!