18.7 C
fpolis
18.7 C
fpolis
quarta-feira, 18 maio, 2022

Justiça condena Record e Luiz Bacci por inventar fatos em reportagem

Reprodução
Últimas notícias

A Justiça de São Paulo condenou a rede Record e o apresentador Luiz Bacci a pagar uma indenização de R$ 10 mil por danos morais a uma mulher que foi alvo de uma reportagem em março de 2021.

Na ocasião, o programa “Cidade Alerta” divulgou uma reportagem onde relatava que uma mulher estava sendo chantageada por um ex-namorado, que estaria exigindo dinheiro para não divulgar fotos íntimas dela. No entanto, segundo a Justiça, a história não era bem essa. A cliente estava, na verdade, sendo vítima de um crime de estelionato.

Conforme o Portal UOL, fingindo ser policial, o ex-namorado dizia que ela tinha débitos com a Receita Federal e que, se não pagasse a “multa” a ele, seria presa. O rapaz foi preso em flagrante, e a mulher aceitou dar uma entrevista à emissora na condição de que seu nome e imagem fossem protegidos, o que não teria sido cumprido. Ainda conforme reportagem do UOL, a Record exibiu a imagem da mulher de modo que ela pôde ser identificada.

Na decisão, o juiz Henrique Villaverde considerou que a emissora teve uma conduta “dolosa” (com intenção ou vontade consciente de cometer ato ilícito). De acordo com o magistrado, o inquérito policial mostra que a mulher foi vítima de extorsão, mas que a divulgação de foto íntimas não fazia parte das ameaças.

Ainda de acordo com o UOL, a Record e o apresentador ainda podem recorrer.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Queda de avião que matou 132 pessoas na China foi intencional

O acidente com um Boeing 737-800, da China Eastern Airlines, que levava 132 pessoas a bordo e que caiu...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }