Fevereiro 23, 2021

Justiça dá 72h para Bolsonaro explicar troca de comando na Petrobras

Justiça dá 72h para Bolsonaro explicar troca de comando na Petrobras
Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro e a Petrobras têm 72 horas para explicar os motivos que levaram à troca do comando da estatal de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Luna e Silva.

A decisão é do juiz André Prado de Vasconcelos, da 7ª Vara Federal de Minas Gerais, em resposta a uma ação popular impetrada pelos advogados Daniel Perrelli Lança e Gabriel Senra da Cunha.

"Por oportuno, destaco que, conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação, a aprovação do indicado para a presidência da Petrobras depende de deliberação do respectivo Conselho de Administração, ainda não ocorrida", disse.

"Assim, intimem-se os réus tão-somente para manifestação, no prazo de 72 (setenta e duas) horas, sobre o pedido de liminar, articulando, de forma concisa e objetiva, as razões e argumentos que entender pertinentes e relevantes à discussão da causa", afirmou o magistrado.

A Advocacia-Geral da União (AGU) disse que "não comenta processos em tramitação judicial". Com informações da CNN Brasil.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários