Portal Making Of

Lula vem a Santa Catarina para reviver as eleições de 2002

No próximo domingo, 18, o ex-presidente e candidato do PT à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, vai estar em Florianópolis para uma reunião com apoiadores.

Ele será recebido pelo candidato a governador petista, Décio Lima, pela sua vice Bia Vargas, pelo senador e candidato a reeleição, Dário Berger (PSB), pela ex-deputada Ana Paula Lima, Claudio Vignatti (PSB), Ideli Salvatti (PT), José Fritsch (PT), Afrânio Boppré (Psol) e demais lideranças da esquerda catarinense.

O encontro do PT tinha como primeira opção o Largo da Catedral, mas a coordenação do candidato decidiu bateu o martelo e decidiu que o evento vai acontecer as 11 horas no Largo da Alfândega, no centro da Capital, por ter um espaço maior.

Nas eleições de 2002, quando Lula se elegeu pela primeira vez presidente, Florianópolis foi a última cidade que ele visitou e o Largo da Alfândega acabou sendo o local do seu último comício antes da vitória.

Na época, 56,5% dos catarinenses votaram no petista contra 23,2% que votaram em José Serra (PSDB) no segundo turno. Foi a última vez que o catarinense deu a vitória para um candidato do PT.

Em 2006 Geraldo Alckmin (PSDB) obteve 56% contra 33% de Lula (PT); em 2010 José Serra (PSDB) ficou com 56% dos votos contra os 43% de Dilma Rousseff; em 2014 Aécio Neves (PSDB) também bateu Dilma em SC com 64,5% contra 35,4% e em 2018 Jair Bolsonaro (PSL) obteve a maior vitória no estado, ficando com 75,9% contra os 24% de Fernando Haddad (PT).

As últimas pesquisas mostram que a maioria do eleitor catarinense deve mesmo escolher o presidente Jair Bolsonaro (PL) para votar, mas Lula pretende que essa diferença seja diminuída em 2022 para que Décio Lima também tenha um bom desempenho e possa, quem sabe, ir para o segundo turno com um candidato de direita, polarizando também a eleição estadual.

Nem no Brasil e muito menos em Santa Catarina os eleitores escaparão de ter que escolher um candidato a presidente e um candidato a governador no dia 29 de outubro, data da votação do segundo turno dessas eleições.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Leia mais