22 C
fpolis
22.2 C
fpolis
terça-feira, 24 maio, 2022

Marketing + estatística: por quê investir AGORA na dupla

Últimas notícias
Marketing + estatística: por quê investir AGORA na dupla
Foto: Reprodução/Pixabay

Por Marcel Ghiraldini*

 

Já falamos mais de uma vez sobre a importância do uso da ciência e análise de dados nos setores de marketing.

Então, vamos começar este post em um formato diferente. Ao invés do tradicional parágrafo introdutório, iremos direto ao ponto: duas grandes qualidades do “casamento” entre marketing e estatística!

Abrange processos e tecnologias de mensuração de performance que possibilitam aos diretores de marketing uma avaliação sofisticada do sucesso de suas iniciativas. Com métricas como ROI, atribuição e efetividade, proporciona relatórios completos de performance de programas de marketing.

Reúne dados de todos os canais de marketing e os consolida em uma única plataforma. Proporcionando uma assistência valiosa para o planejamento.

 

Marketing e estatística: três passos para o sucesso

Quando pensamos em estatística, business analytics e Data Science, temos que coletar os dados, analisá-los e gerar os resultados. Por isso, para obter sucesso nos passos a seguir, é imprescindível ter cuidado no entendimento e tratamento dos dados.

Para gerar os melhores resultados com base na ciência de dados, siga estes três passos detalhados abaixo:

 

1. Analise os dados de maneira contínua

Para atingir o máximo potencial, sua estratégia de marketing e estatística deve combinar técnicas distintas.

Análise descritiva: criando relatórios de ações passadas você pode entender que elementos das campanhas geram maior retorno.

Análise explicativa: compreenda o que há por trás dos resultados apresentados na análise descritiva.

Análise exploratória: obtenha uma visão mais ampla dos padrões, tendências, outliers e resultados inesperados.

Análise preditiva: previsões acertadas baseadas em dados ricos para traçar ações futuras.

Análise prescritiva: tenha em mãos as respostas necessárias para alcançar determinado objetivo.

Tal aprofundamento em relação aos dados permite o levantamento e hipóteses e determinação de testes, como os aplicados pelo CRO (Conversion Rate Optimization).

 

2. Avalie sua capacidade analítica e preencha pontos cegos

Organizações têm acesso a um extenso leque de capacidades analíticas para dar suporte a objetivos de marketing, porém, a grande maioria possui pontos cegos. Preencher esses vazios de sua plataforma analytics é um passo importante.

Por isso, é muito importante contar com cientistas de dados em seu time ou contratar alguma consultoria de marketing especializada em dados para obter eficiência e resultados positivos. Invista!

Outro ponto, responda à pergunta “aonde eu me encontro no espectro analítico atualmente?”, identifique pontos vulneráveis e comece a desenvolver uma estratégia de preenchimento baseado nos apontamentos surgidos daí.

 

3. Aja de acordo com o que você aprendeu

Os dados coletados pelas ferramentas de analytics de nada importam se você não agir de acordo com as diretrizes traçadas por eles.

A aplicação conjunta de marketing e estatística é um processo de constante teste e aprendizagem através dos quais você identifica canais deficientes, ajustar estratégias e táticas de acordo com necessidades e otimiza processos.

Concluindo: sem a habilidade de testar e avaliar o sucesso de suas ações de marketing, sua organização não teria ideia de que estratégia funciona e qual não funciona, que pontos precisam de mudanças e como elas devem ser aplicadas. Da mesma forma, de que adianta obter dados ricos e não fazer nada com os insights gerados?

 

 

*Marcel Ghiraldini é Co-founder da MATH: holding de empresas que aplicam ciências exatas para melhorar a relação entre marcas e pessoas.

Mais notícias para você
Últimas notícias

CNN Brasil reforça compromisso com os fatos em novo posicionamento

A CNN Brasil lançou nesta semana um novo posicionamento de marca: “CNN Brasil, você por dentro de tudo”, que...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }