Portal Making Of

MDB diz que deve ter candidato nas cidades de Joinville, Blumenau e Lages

No próximo dia 26, segunda-feira, no auditório Antonieta de Barros na Assembleia Legislativa do Estado, o MDB vai fazer a sua convenção estadual para escolher os novos membros do diretório de Santa Catarina, os novos delegados para a convenção nacional e a nova comissão de ética.

O trabalho do atual presidente estadual do partido, deputado federal Carlos Chiodini, já tinha renovado as 36 coordenadorias estaduais, a direção do JMDB e também a coordenação do MDB Mulher.

Na entrevista que deu na segunda-feira, 14, para o jornalista Emanuel Soares, da rádio Jovem Pan News Floripa, disse que na eleição deste ano o partido quer eleger 100 prefeitos, sendo que hoje o partido já tem 94.

No planejamento de Chiodini, entre as principais cidades do Estado, está o lançamento de candidato a prefeito nas cidades de Joinville, Blumenau e Lages. Na cidade mais populosa de Santa Catarina o pré-candidato já é o deputado estadual Fernando Krelling.

Em Blumenau, o nome escolhido pela direção estadual é o do também deputado estadual Egídio Ferrari, que em março deve se filiar no MDB. Já em Lages, o nome ventilado é do ex-deputado e ex-prefeito Elizeu Mattos.

Chiodini lembrou que o MDB é o maior partido do Estado e hoje tem nos seus quadros o presidente do legislativo catarinense e por tudo isso tem condições de atingir a sua meta, haja vista que o partido já tem pouco mais de 200 pré-candidatos a prefeito e, de acordo com eleições anteriores, ele afirma que o MDB costuma eleger 50% dos candidatos.

Em Florianópolis, o MDB já definiu e anunciou o apoio à reeleição do prefeito Topázio Neto (PSD) e em Jaraguá do Sul o partido vai tentar reeleger o prefeito Jair Franzner. Já em Chapecó, São José e Criciúma o MDB ainda vai analisar o cenário para ver o caminho que o partido irá tomar.

O fato novo é o lançamento da pré-candidatura do próprio Carlos Chiodini na cidade de Itajaí, que vai acontecer no próximo dia 8 de março na Sociedade Tiradentes. Itajaí é o município com a maior arrecadação do Estado e, se vencer em 2024 por lá, pode ser um trunfo do partido nas eleições de 2026.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Leia mais

Agora Moisés não serve mais para os aliados

Em agosto, quando estavam definindo quais partidos que iriam apoiar a reeleição do governador, muitos prefeitos e deputados estaduais defendiam Moisés de qualquer crítica que

A política como ela é

Passados seis dias do dia da votação do primeiro turno, onde Jorginho Mello (PL) e Décio Lima (PT) foram os escolhidos para continuarem a disputa