Julho 06, 2017

Mídia tradicional encolhe na publicidade estatal

Em 2016, com apenas duas exceções, os veículos da mídia tradicional (TV, jornal, revista ou internet) receberam menos dinheiro da publicidade federal do que em 2015.  Os únicos dois veículos que ganharam verba comparativamente foram as revistas Veja e Época.

Enquanto a Época teve crescimento de 17,8%, ganhou R$ 4 milhões em 2016 contra R$ 3,4 milhões e 2015, a Veja teve um grande salto de R$ 5,1 milhões para R$ 11,2 milhões. A explicação da revista do Grupo Abril se deve ao fato de o governo Dilma ter repassado R$ 23 milhões à Veja em 2014, mas cortado 78% da verba em 2015. Nos primeiros quatro meses de 2016, ainda antes do impeachment, a revista havia recebido R$ 1 milhão, enquanto os outros R$ 10 milhões vieram com o governo Temer.

No acumulado entre 2000 e 2016, o Grupo Globo somou R$ 10,2 bilhões (montante não inclui rádios e TV por assinatura da empresa), 29,4% de todo gasto federal com propaganda. Apesar de receber a maior parte das verbas estatais, a TV Globo apresentou queda nesse tipo de arrecadação pelo terceiro ano consecutivo. Foram R$ 323,8 milhões em 2016, 26% a menos do que no ano anterior.

Os dados são do levantamento do site Poder 360. Confira aqui a pesquisa completa.

Tags:
marketing
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Comentários

Onze 4

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!