15.5 C
fpolis
15.5 C
fpolis
terça-feira, 5 julho, 2022

Morre jornalista David Coimbra

Últimas notícias

Morreu nesta sexta-feira, 27, o jornalista David Coimbra, aos 60 anos, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Segundo o G1, ele estava internado desde domingo, 22, no Hospital Moinhos de Vento para tratar um câncer no rim descoberto em 2013 já em fase avançada.

Coimbra atuava no Grupo RBS há 26 anos em diferentes áreas da empresa ao longo da carreira. Mantinha coluna diária no GHZ e apresentava o programa ‘Timeline’, da rádio Gaúcha. Há dois meses, no entanto, estava afastado das funções para tratar dores na coluna e recentemente havia retomado a coluna, com um texto sobre o problema de saúde que estava enfrentando atualmente e sobre a vontade que teve de morrer apesar de amar a vida.

David deixa a esposa, Márcia, e o filho, Bernardo, de 13 anos. Ainda não informações sobre o velório e sepultamento do profissional.

Ele era formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PucRS), de Porto Alegre, em jornalismo, e trabalhou em diversas redações do sul do Brasil, entre elas os jornais Diário Catarinense (SC), o Jornal de Santa Catarina (SC), o Jornal da Manhã (SC), o Correio do Povo (RS) e o Jornal NH (RS), as rádios Eldorado (SC) e Guaiba (RS) e a tevê RCE TV (SC).

David tem 18 livros publicados e 10 premiações, como Esso de Reportagem, ARI, Direitos Humanos, Habitasul de Literatura, Erico Verissimo de Literatura, Açorianos de Literatura, entre outros. A última obra é o livro ‘Hoje eu venci o câncer’ (2018), em que David relata como descobriu a doença e quais métodos o ajudaram no tratamento.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Todo mundo virou jornalista

Ficou no passado a visão romântica de que Jornalismo bem feito é aquele conhecido pela isenção, que procura apresentar...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }