Maio 21, 2021

Nos bastidores da notícia

Nos bastidores da notícia
Alberto Brooks, Holly Hunter, William Hurt e Joan Cusack em Broadcast News

Depois da crônica da semana passada sobre os loucos atraídos por televisão (leia aqui), pediram-me para contar outras histórias de bastidores. Abri o baú de reminiscências. Hoje, separei alguns exemplos da relação de amor e ódio entre telespectadores e a TV.

Comunicólogos já analisaram que o público se sente íntimo de quem aparece no vídeo. De tanto ver os mesmos âncoras e repórteres “invadindo” suas casas, o telespectador se sente no direito de exigir e criticar como se fossem parentes. Nem sempre com delicadeza...

Cena 1 – A novela das 7 no ar, toca o telefone na redação. Do outro lado da linha, um homem em um tom raivoso diz:  “Esta novela que vocês estão exibindo é tão ruim que vou ser obrigado a sair e ir pro bar beber”! ( Ah, claro, a culpa é nossa! Que desculpinha, hein?).

Cena 2 – Intervalo da novela das 8. A famosa vilã Nazaré, interpretada por Renata Sorrah, matara alguém eletrocutado jogando um ventilador na piscina. Atendo a ligação de um pai indignado vociferando ao telefone: “ Que mau exemplo vocês deram nesta novela! Minha filha de 12 anos acaba de dizer para a irmã caçula “ agora já sei como me livrar de ti”! ( Aham, os pais deixam filhos ver programas inapropriados e a culpa é da dramaturgia...Filhinha meiga o senhor criou, não?)

Cena 3 – Um dia, Janine, a jornalista que editava e apresentava o tempo na TV recebeu um e-mail bem desaforado. A telespectadora reclamava que ela usara a palavra “menas”. Aquilo era um absurdo, “menas” não existe blábláblá... Nossa colega ficou preocupada e foi conferir na gravação se tinha cometido um erro. Daí se deu conta: na previsão ela falara em temperaturas AMENAS !

Cena 4 – Plantão de sábado.Última matéria do jornal  da noite era sobre o clássico Avaí-Figueirense no dia seguinte. O tempo já estourado, o apresentador mal teve tempo de dar boa-noite. Caiu a nota-pé com as últimas informações. Coube a mim atender o telefonema: “Como é que vocês não informam onde vai ser o jogo amanhã ? Jornalista estuda, mas são todos uns burros de orelha comprida!”. Fiquei sem palavras.  Depois, meu colega Caco da Motta, editor de Esporte, me explicou o básico: o local é sempre o estádio do time cujo nome vem na frente. Avai X Figueirense? O jogo será no Avaí. Acho que o “gentil” torcedor que ligou também tinha as orelhas compridas.

Epílogo – Quem não conhece como se faz um telejornal não imagina a logística necessária. Nessa mesma noite de sábado, estávamos todos saindo após uma jornada de 12 horas com a sensação do dever cumprido, conversando e rindo quando ao passar pela guarita ouvimos um segurança dizer para o outro: esse monte de gente só pra fazer um jornalzinho daquele tamanho ?. Tóim...

(Brígida De Poli)

_________________________________________________________________________

 

A propósito...

Nos bastidores da notícia (Broadcast  News) – direção: James L. Brooks - 1987

Essa comédia dramática continua sendo um dos meus filmes favoritos sobre a imprensa e seus profissionais. Mostra bem a loucura que pode ser uma redação de TV, sob o estresse de entregar a tempo uma informação precisa e atualizada. A história gira em torno de Jane, personagem de Holly Hunter, uma produtora perturbada, o editor inteligente e bem informado, Aaron, e o apresentador bonitão, Tom, vivido por William Hurt. Aaron quer ser apresentador e Tom quer ser um jornalista respeitado. É possível trocar de papeis ou cada um tem a sua habilidade?No meio dos anos, a disputada Jane. Escolhi o trailer que mostra uma das minhas preferidas: Joan Cusack tentando entregar a fita com a matéria a tempo... Quem já viveu uma situação assim sabe bem como é! Minha homenagem aos colegas da emissora onde trabalhei que caíram na escada que levava da redação a sala onde o editor-chefe colocava o jornal no ar.

_________________________________________________________________________

 

Filmes

A Mulher na Janela – direção: Jon Wright – 2021 – Netflix

Esse suspense é uma das maiores apostas da Netflix este ano. Amy Adams, uma das queridinhas de Hollywood, interpreta a Dra. Anna Fox, uma terapeuta que sofre de agorafobia, ou seja, não consegue sair de casa para algum ambiente aberto. Anna passa o dia na janela espiando a vida dos vizinhos. Um dia, ela pensa ter visto um assassinato. Não por acaso, há uma cena onde aparecem imagens do filme “Janela Indiscreta”, de Alfred Hitchcock, pois lembramos logo daquela película. O problema é que sua denúncia não é levada muito a sério por ser considerada perturbada e fazer uso de medicamentos e álcool. Aí, começam as reviravoltas.  Há outros nomes de peso no elenco: Juliane Moore e Gary Oldman, os novos vizinhos da frente  e seu filho adolescente com quem Anna se conecta. Veja o trailer.

 

Sétimo – direção: Patxi Amezcua – Now/Net – 2013

Ricardo Darín, o operário padrão do cinema argentino vive um advogado, preocupado com o desejo da ex-mulher de levar os filhos para morar na Espanha. Sempre que vai o menino e a garota para a escola, eles apostam quem vai chegar antes no térreo: o pai de elevador ou eles descendo sete andares de escada. Um dia, os filhos desaparecem nesse trajeto. A espanhola Belén Rueda interpreta a mãe das crianças.

 

Coletânea Alain Delon – Belas Artes à la Carte

Para quem é fã ou quer conhecer a carreira do grande astro francês, o Belas Artes montou uma coletânea com nove filmes de Alain Delon. Entre eles estão “O assassinato de Trotsky”, “O manipulador de paixões” e “Confissões de um tira”. Mas, se eu fosse escolher apenas um seria “ Rocco e seus irmãos”(1960), filmaço de Luchino Visconti. Lamento que não esteja na lista um dos meus favoritos: “ A primeira noite de tranquilidade”, do grande  diretor italiano, Valério Zurlini.

***

 

Séries

Halston – 5 episódios – 2021 – Netflix

Uma minissérie com produção impecável, contando a trajetória do estilista que colocou os Estados Unidos no mapa da moda. O ator Ewan McGregor interpreta o protagonista Halston, famoso por ter desenhado o chapéu que Jacqueline Kennedy usou na posse do marido como presidente dos EUA. Mais tarde, ele criou um império, conviveu com celebridades e acabou se perdendo nos excessos dos anos 60 e 70. Veja o trailer.

 

Suburra – Sangue em Roma – 3 temporadas – Netflix

Não sei se acontece com vocês, mas à vezes começo a ver uma série, não curto muito e abandono. Tempos depois retomo e acabo gostando muito. Foi assim com a série italiana que recomecei só para poder rever lugares de Roma e não larguei mais. A história é baseada em um livro escrito por Giancarlo De Cataldo e Carlo Bonini e já virou filme. A obra é baseada numa investigação criminal real, envolvendo políticos, mafiosos e  religiosos. A organização criminosa chamada Mafia Capitale deu o nome para a operação que investigou autoridades italianas. Na série, há três personagens interessantes que formam uma quadrilha improvável: o filho de um traficante, um cigano e o filho de um policial. Os três jovens criminosos se vêem envolvidos com “cachorro grande”, como Samurai, o homem que manda em Roma usando de chantagem. Políticos, cardeais e policiais estão envolvidos nos crimes. Na ala dos bandidos “civis” também há concorrência entre os ciganos e os romanos pelo mercado de Ostia, local de terras ambicionadas por todos. Os atores são ótimos, principalmente os três rapazes.

_________________________________________________________________________

THE END

(*) Fotos reprodução/divulgação

Tags:
cinema séries beijos de cinema arte cultura séries de TV netflix
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Brígida Poli

Brígida Poli

Jornalista, cinéfila desde criancinha e maníaca por séries de TV desde "Os Sopranos". Não se considera crítica de cinema, pois não consegue deixar o coração de lado na hora de avaliar um filme. Adora falar e escrever sobre o assunto e tenta chamar a atenção para as grandes obras cinematográficas que as novas gerações desconhecem. Concorda com o mestre Federico Fellini quando ele disse que "o cinema é um modo divino de contar a vida".

MOF 5

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!