Novembro 26, 2020

Nossa Jogada

Nossa Jogada
No céu ela contesta.

1 – O Gênio e a Figura

Na Argentina, no país do Papa Francisco, o idolatrado era e é Maradona. Em Buenos Aires muito mais. Recordo a piada da foto de Pelé ao lado do Papa, e quando perguntam quem eram? O Mané respondeu: “aquele de branco ao lado do Pelé não conheço”!

- Quem é?

Assim é em BA “: “Quem é aquele ao lado de D10s”?

É por este pensamento: D10s, que em cada cidade argentina, o povo deverá homenagear a Diego Armando Maradona[i], principalmente Lanús, na periferia de Buenos Aires, onde nasceu, como um deus.

Assim como penso, que em qualquer rincão deste Brasil, deveríamos prestar uma homenagem a Pelé, Airton Senna, João do Pulo e Eder Jofre que como D10s um reconhecimento pelo que eles fizeram: eles mudaram a vida da gente, nos divertindo e entretendo.

Que fique claro: o que Maradona fez da vida dele não me importa. Pois foi não me importando o por que, corri pelas ruas de Barcelona até o porto para ver a Rainha Elizabeth subir no iate Britannia. Correria muito mais, pelas ruas da minha cidade, para ver Maradona, mas não correria atrás do Francisco.

2 – Nossa Jogada 02/11/2020

No dia dois de novembro, dia em que nos importamos com nossos mortos, foi quando a Nossa Jogada lembrava o aniversário de Maradona: El D10s – Maradona. No dia 30 de outubro, completara 60 anos. Nestes anos, dona Tota (Dalma Salvadora Franco) ficou feliz e triste pelo filho, que provocou paixões, driblou adversários, conquistou títulos, deu patadas, escorregou pela vida e gerou polêmicas. Adorado e amado pelos argentinos e napolitanos. Nasceu em Lanús e se transformou em rei em Nápoles.

3 - Uma frase dele

"O futebol é o esporte mais lindo e mais puro do mundo. Me equivoquei e paguei. Mas, a bola... a bola não se mancha".

4 - A mão de Deus?

Estádio Asteca, México, Mundial de 1986, o árbitro Ali Bennaceur não percebeu ilegalidade no gol de Maradona contra a Inglaterra por negligência. A história sim. Anos depois, no livro – "Yo Soy el Diego", Maradona escreveu: "Agora posso contar a verdade... Que mão de Deus! Foi a mão de Diego. Foi como roubar a carteira dos ingleses". O mundo esperou pelo seu perdão. Mas, "Maradona apagou a deslealdade com genialidade", segundo Archie Macpherson, jornalista da BBC.

5 - Viveu assim

Nas noites com mulheres e cocaína, uma combinação perigosa. Há controvérsias sobre onde e quando começou o seu romance com a "branca". Foi na Catalunha, segundo ele: "É uma grande cidade para viver..., menos para um jogador de futebol".

6 – Como ele, lembro que

Bem Johnson, Louis Armstrong, Marco Pantani e Diego Maradona fizeram que a minha vida ficasse alegre na frente da TV, me emocionando no momento das competições que participaram. O que aconteceu depois? Lamento.

7 - Vizinho

Respondendo ao meu vizinho, Sérgio Murilo Queiroz sobre um jogador formado no clube: "No mundo todo: jogador da casa não tem valor, nem nos clubes de bairros e distrito, nestes, que se joga futebol de camisa nas várzeas". O torcedor só valoriza quando descobre jogando num clube grande. Aí enchem o peito e exclama: saiu daqui!

8 - Renovação de contrato

Recebi do Avaí: que ampliou os contratos de Adiel Oliveira da Silva (18 anos). Nasceu em Campo Grande-MS, no dia 13 de dezembro de 2001. Tem um sonho: de vestir a camisa do primeiro time do Avaí; e de Arthur Chaves, 19 anos, neto do Pedro Largura, natural da Ilha. Arthur tem o mesmo sonho. Pelo interesse de renovar, já que dificilmente serão titulares, pela cultura e histórico, deve ter clube do estrangeiro interessado, como ocorreu com Gabriel Guimarães – Liverpool e Raphinha -Leeds, antes de irem para a Europa pagar as despesas com os veteranos que jogam quando deveriam ser eles, moeda ou "propriedades como dizem agora.

9 - Os escolhidos deste ano

Para a festa do The Best FIFA, o melhor jogador de temporada. Entre os nomes Thiago Alcântara, Cristiano Ronaldo, De Bruyne, Lewandowski, Mané, Mbappé, Messi, Neymar Jr. Sergio Ramos, Salah e van Dijk zagueiro do Liverpool.

10 - Figueirense ia tão bem

Até que saiu um pênalti. Um jogador pegou a bola com displicência, achando que seria fácil, foi para a marca, colocou a bola e bateu. O goleiro pegou. No segundo tempo, Jorginho cedeu, chamou Marquinhos, achando que era o mesmo do Fluminense e do Roma, mas não é, e a vitória virou uma derrota. Mas continua a luta para permanecer.

11 – Hoje tem jogo e amanhã também

Hoje jogam no Scarpelli: Figueirense x Botafogo de SP, às 21h, com os portões fechados. Na Europa querem liberar para 3 mil pessoas, mantendo o distanciamento que se exige na hora de pagar a conta no Supermercado, mas que ninguém obedece na hora de pegar os alimentos. Amanhã, em Cuiabá, às 22h30, joga o Avaí contra o Cuiabá, com o retorno do treinador Geninho recuperado da Covid-19. No time titular haverá uma estreia. No Avaí, todo jogo, tem uma novidade: a estreia de alguém.

12 – Que idade você tinha em 1986?

Assim como Pelé brilhou no México em 1970, Maradona brilhou em 1986. O Mundial que deveria ter sido realizado na Colômbia. Depois de 34 anos, eu ainda não consigo esquecer. Talvez tenha sido os dois momentos sublimes na história do futebol moderno: Pelé em 70 e Maradona em 86. Os dois vestiam a camisa de número 10, mas se tivesse que comprar uma camisa de futebol, compraria a de número 7.

Para encerrar, imagens de Maradona em um camarote da Bombonera, estádio do Boca Júnior, na Boca, em Buenos Aires. As fotos estão publicadas aqui.

Fim.

_____________________________________________________

[i] Ontem a noite, deveriam jogar Internacional x Boca Júnior pela Copa Libertadores. Os argentinos pediram para o jogo ser adiado. Então a diretoria do Internacional decidiu prestar uma homenagem a Maradona e veja no vídeo como foi; Brecho colorado on Instagram: "Que clube senhoras e senhores"

 

Tags:
futebol nossa jogada paulo brito
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Exclusivo

Nossa Jogada

Janeiro 18, 2021
Exclusivo

Nossa Jogada

Janeiro 14, 2021
Exclusivo

Nossa Jogada

Janeiro 11, 2021

Nossa Jogada

Janeiro 07, 2021

Paulo Brito

Paulo Brito

Paulo Brito nasceu em Florianópolis, graduou-se em jornalismo na PUC RS em 1972, mas desde 1971 exerce o ofício de comentarista esportivo, tendo trabalhado em jornais, rádios e televisões nas praças de POA, SP, BCN e FLN. Foi professor do IEE: - Instituto Estadual de Educação e no Colégio Catarinense, profissão que o levou a UFSC: - Universidade Federal de Santa Catarina onde permaneceu até 1998. Foi membro da Comissão que criou o Curso de Jornalismo na Federal de SC.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!