Novembro 25, 2020

Novo mapa de risco em SC mostra 13 regiões no vermelho

Novo mapa de risco em SC mostra 13 regiões no vermelho
Reprodução

Santa Catarina teve um aumento expressivo de regiões no nível gravíssimo em relação a semana passada, quando três estavam nesta classificação e 13 estavam no nível grave. Nesta semana, o estado inverteu e 13 regiões estão no vermelho enquanto apenas três foram classificadas no laranja.

O novo mapa, predominantemente vermelho, mostra nesta cor as regiões Oeste, Meio-Oeste, Xanxere, Alto Vale do Rio do Peixe, Planalto Norte, Nordeste, Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Serra, Grande Florianópolis, Carbonífera, Extremo Sul e Laguna. Já as regiões no nível grave são: Extremo Oeste, o Alto Uruguai Catarinense e a Foz do Rio Itajaí.

A região do Alto Uruguai Catarinense foi a única, em comparativo com a semana passada, que desceu um nível na Avaliação, do Gravíssimo para o Grave. A região de Xanxerê continua na terceira semana no nível mais preocupante de proliferação do vírus, enquanto Laguna está na segunda semana.

O Extremo-Oeste e a Foz do Rio Itajaí, por sua vez, foram reclassificadas do nível gravíssimo para o grave. No caso do Alto Uruguai, embora o Evento Sentinela esteja alto, a capacidade de atenção ainda está no nível amarelo, o que lhe coloca num estado de alerta, mas não perigoso. O índice de transmissibilidade, idem, é o menos nocivo comparado às outras regiões.

15 das 16 regiões estão com o índice de transmissibilidade no gravíssimo, ao mesmo tempo em que 9 dessas regiões estão com a capacidade de atenção também no último nível – caso de Alto Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Sul Catarinense, Laguna, Nordeste, Oeste, Planalto Norte, Serra Catarinense e Xanxerê.

Tags:
Covi-19
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!