Janeiro 21, 2021

O cabo de guerra entre GloboNews e CNN

O cabo de guerra entre GloboNews e CNN

Em momentos de incerteza, de conflito e importantes historicamente aumentam os índices de audiência na mídia. Os líderes se destacam mais. São eles a quem a maioria recorre, quase em um gesto automático, como se fosse uma programação da memória. Algo como seguir o líder.

Na televisão a cabo, a GloboNews comemorou a liderança de 1º a 17 de janeiro no ranking do PNT (Painel Nacional de Televisão) com uma média de telespectadores três vezes maior do que a CNN. Foi o período mais intenso da expectativa pela aprovação das vacinas;

Só que bons índices da concorrência tendem a alterar o histórico. A observação de dados recentes mostra um avanço significativo da CNN, com desempenho que preocupa o canal da Globo. De manhã, por exemplo, entre 9 e 11 horas, a CNN chega a ser líder, bem como no horário do Prime Time ao final da tarde com Márcio Gomes.

Na estratégia de reação às investidas, a GloboNews coloca inúmeros comentaristas debatendo com o âncora. Na CNN, os apresentadores passam a sensação de que dominam mais os assuntos e são apuradores de fatos. Em muitos momentos demonstra mais agilidade na cobertura ao vivo, embora tenha estrutura bem menor. É uma questão de agilidade de bastidores.

Outro ponto positivo da CNN é o visual dos programas, tanto em caracteres como em cenários, um aspecto mais moderno. É visível que a GloboNews está tentando acompanhar a mesma linha e já mudou bastante, adotando as mesmas telas divididas sobre o cenário antigo de madeira. Na concorrente, em vários momentos as próprias telas múltiplas são o cenário.

Em resumo, a presença forte da CNN sacode a GloboNews, o que no fundo é bom para quem está mais em casa recolhido por causa da pandemia ou gosta de acompanhar os fatos com mais tempo de análise. A disputa vai continuar forte, pois a GloboNews está correndo atrás para continuar liderando na média e a CNN quer ser a número 1 não só em independência, como diz o slogan, mas em audiência também.

Temos um legítimo cabo de guerra na TV a cabo.

 

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!