Janeiro 13, 2021

O grande momento das notícias na TV

O grande momento das notícias na TV
Reprodução

Depois de dez meses de pandemia, com os piores dados estatísticos possíveis, e nos momentos decisivos para a aprovação de vacinas, o jornalismo da TV vive um grande momento. As informações estão sendo acompanhadas rigorosamente de cima e mostram a realidade sem subterfúgios.

A TV fez sua parte ao cobrir esperançosamente os esforços do governo paulista para aprovação da Coronavac, mas registrou que a divulgação do Butantan/João Dória foi equivocada ao anunciar um número parcial de eficácia de 78 % e depois cair na real dos 50,38 %.

A atitude paulista não contribuiu em nada para que as pessoas acreditem na imunização e só não é pior do que o negacionismo e a incompetência do governo federal ao tratar do tema.

 

Pressão

Os robôs da turma do mal, por outro lado, estão em atividade plena, atacando a mídia e seus personagens mais relevantes. A pressão é diária e insistente. Jair Bolsonaro chegou a chamar o editor-chefe e apresentador do Jornal Nacional, William Bonner de “sem vergonha” e “canalha”.

Indiferente a pressão, a mídia segue mostrando porque quase 50 países já iniciaram a vacinação e por aqui nada. Se alguém tinha dúvidas que ainda somos terceiro mundo deve ter esclarecido agora.

 

Domingo

O lance mais importante dessa saga, decisiva para o nosso futuro, será dado domingo quando a ANVISA divulgar a avaliação dos pedidos de registros da Coronavac e da AstraZeneca. E logo em seguida, se aprovadas, deverá ser definido o Plano Nacional de Imunização com datas. Por certo, nem a mídia e nem ninguém irá ficar passiva se houver uma disputa de quem fará a primeira aplicação para foto e vídeo A saúde de todos é mais importante do que marketing político neste momento.

Tags:
multimidia claiton selistre bastidores comunicação TV rádio jornal
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Claiton Selistre

Claiton Selistre

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário em Santa Catarina. Antes atuou na  Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há seis anos.

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!