17 C
fpolis
16.8 C
fpolis
quinta-feira, 26 maio, 2022

O que já é possível saber sobre a nova Jovem Pan News Florianópolis

Últimas notícias
O que já é possível saber sobre a nova Jovem Pan News Florianópolis
Reprodução/Divulgação/JovemPan

Esta é uma entrevista com Daniel Xavier, diretor da Jovem Pan News, que em breve vai estrear em Florianópolis. Ele fala do tamanho da programação local, da linha editorial e da pesquisa que realizou sobre o rádio da capital.

Daniel diz que vai se diferenciar do que o rádio é feito, no momento, na capital, classificado de “chato” e com muito “falatório e teses”.

Confira entrevista na íntegra:

Making Of: Qual o objetivo da Jovem Pan News em Florianópolis?

Daniel Xavier: Para entender melhor os caminhos, fizemos uma pesquisa qualitativa com ouvintes, através de um instituto de pesquisa, para saber como poderíamos nos posicionar no mercado e para o público que vamos conquistar. 90% dos entrevistados consideram as rádios de jornalismo, “chatas”, “velhas” e que tem muito “falatório” ou “teses”. Vamos desenvolver profissionalmente o radiojornalismo na Grande Florianópolis com o legado de décadas que a Jovem Pan já possui no Brasil. Nosso compromisso é cobrir os fatos da região, ter reportagem na rua, muitas entrevistas, trazer a voz e a opinião das pessoas para dentro da ‘Jovem Pan News FM’. Considero que a chegada da News é uma virada de chave importante no rádio da região. Ela vai surpreender o ouvinte, pois será nova, moderna, dinâmica e com jornalismo de qualidade.

 

Making Of: E a linha editorial? Seguirá linha própria ou a cabeça de rede?

Daniel Xavier: A rede nacional da Jovem Pan continua com a linha editorial já conhecida e vamos desenvolver uma linha editorial localizada nas demandas de Santa Catarina. Cada Estado tem uma necessidade de abordagem. Mas assim como na rede, a política será um dos temas em destaque na programação. E a percepção que temos, nestas semanas em que já circulou a informação de que a Jovem Pan News vai chegar à Grande Florianópolis, é altamente positiva. As pessoas, inclusive autoridades municipais, estaduais e legislativas nos felicitam e dizem que ‘já estava na hora’ de outra rádio focada em jornalismo na região.

 

Making Of: Quem vai tratar de assuntos políticos? Será um tema de todos os âncoras ou de alguém específico?

Daniel Xavier: Vamos ter um jornalista gabaritado e que possui trânsito em várias fontes da política catarinense. Ainda é um segredo o nome, mas já está definido, assim como os demais os apresentadoras. Ele vai apresentar um programa e terá participação ativa em vários horários locais. Porém, quando for notícia, a política também será tema com ampla abordagem dos demais âncoras.

 

Making Of: Qual o desenho da programação e a ideia geral do conteúdo? Quais serão os horários locais?

Daniel Xavier: Então, no início, vamos ter cinco horas de programação local. Pelas nossas intenções, vamos ampliar em breve. Além disso, teremos janelas locais durante os programas da rede. Nessas janelas, alguém da nossa equipe local terá alguns segundos ou minutos para apresentar o conteúdo local. Estamos estreitando nossa relação com outras rádios Jovem Pan no interior para fazermos uma troca de conteúdo. Assim, vamos colocar notícias do interior do Estado com jornalistas regionais. Temos outras emissoras Jovem Pan News e Jovem Pan FM, que tem jornalismo, no interior. De manhã queremos focar mais na região metropolitana e a tarde vamos ter conteúdo estadualizado e debates sobre a política.

 

Making Of: Qual o compromisso com a cabeça de rede nacional?

Daniel Xavier: A rede será abastecida com pautas locais que podem render como assuntos nacionais e ao contrário também. Pela manhã teremos duas horas nacionais para o Jornal da Manhã, que é o carro-chefe da Jovem Pan e a tarde o tempo será maior de rede. Tem um programa de esportes com o Vanpeta às 12h30, o Jornal Jovem Pan com a Denise Campos de Toledo às 14h e teremos novamente programação local e depois rede nacional às 17h com o Três em Um, além dos boletins locais. Às 18h teremos o programa ‘Os Pingos nos Is’, campeão de audiência no rádio nacional.

 

Making Of: A emissora de Florianópolis foi uma ideia que surgiu aqui ou foi demanda da cabeça de rede?

Daniel Xavier: O projeto de expansão da rede de notícias da Jovem Pan é nacional. Só que nós já tínhamos a intenção de entrar nesse campo. A nossa Jovem Pan FM (101,7) é líder de audiência no alcance máximo. Nosso grupo tem outra rádio, a AM 890, que foi arrendada para uma igreja. Não poderíamos colocar a Jovem Pan News no AM, pois enfrentaríamos limitações iguais as enfrentadas outras rádios em AM na Capital. O diferencial é que nossa antena da Pan News está junto com a da Pan FM no Morro da Cruz. Assim, nosso sinal será o melhor.

 

Making Of: Qual a estrutura da equipe?

Daniel Xavier: Teremos 10 jornalistas que vão atuar na Jovem Pan News, entre contratados e estagiários. Todos vão atuar simultaneamente na rádio e na alimentação de um site de notícias que está em construção. Alguns vão atuar na News e na FM musical.

 

Making Of: Quem serão os âncoras? Haverá repórteres e produtores?

Daniel Xavier: Foram contratados âncoras com experiência em outras rádios. Temos uma campanha de lançamento que vai divulgar os nomes. Mas sim, são pessoas que conhecem muito bem a região metropolitana. Nos próximos dias todos saberão quem são as pessoas.

 

Making Of: Quem vai coordenar o produto?

Daniel Xavier: Fizemos uma reorganização do organograma da empresa. Eu continuo como diretor executivo, me reportando a família proprietária das duas rádios. O Almi Henrique, que trabalha há 8 anos aqui conosco, foi promovido a gerente artístico das duas rádios e vai me ajudar na coordenação da Pan News.

 

Making Of: Os equipamentos já estão instalados?

Daniel Xavier: Foram investidos R$ 1,5 milhão em equipamentos que contemplam um software de automação da rádio que contempla a transmissão de áudio e vídeo. Muitas soluções são absolutamente novas, ainda desconhecidas pelo mercado. É uma novidade para o rádio.

 

Making Of: Quando deverá iniciar operações? Já está autorizada legalmente?

Daniel Xavier: Ainda é segredo.

 

Making Of: Por fim, como vê o atual mercado de rádio em Florianópolis?

Daniel Xavier: O radiojornalismo na região metropolitana está empobrecido. Outro dia teve a visita de um ministro nas obras do contorno viário e não tinha um repórter de rádio no local. Rádio é estar no local do fato e, muitas vezes, narrar por telefone o que está vendo. Não tinha isso em nenhuma emissora. A pesquisa que fizemos já demonstrou a visão da própria população sobre o radiojornalismo da região. Temos que estar no local e falar das coisas da cidade. Vamos ter uma rádio com a maior força local. É um novo segmento de rádio de notícias, começando pela plástica que vai surpreender.

 

Making Of: Está favorável a um novo empreendimento? O objetivo é ser rentável em quanto tempo?

Daniel Xavier: Sempre é favorável, desde que se tenha dedicação pelo que se faz. Somos um foguete que quando parte, não anda de ré. Não temos um prazo específico, mas nossa FM teve o maior faturamento da história. Vamos fazer isso com a News, inclusive, estamos ampliando o número de executivos de contas.

 

Making Of: Pode informar aos nossos leitores a estrutura empresarial que vai suportar a Jovem Pan News e os demais empreendimentos do grupo?

Daniel Xavier: Em breve vamos divulgar na íntegra como fica o grupo. Mas vamos temos a Jovem Pan FM (101,7), Jovem Pan News FM (103,3) e mais outras empresas.

Claiton Selistre
Publisher, colunista e owner do Portal Making Of, é jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário, além de coordenador do comitê editorial da RBS em Santa Catarina. Antes atuou na Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há sete anos.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Com gripe, Ana Maria Braga não apresenta ‘Mais Você’

Nesta quinta-feira, 26, o repórter Fabricio Battaglini abriu o Mais Você e explicou para o público que Ana maria Braga não apresentaria o...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }