Março 24, 2020

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de álcool em gel, em Criciúma

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de álcool em gel, em Criciúma

Mais uma fábrica clandestina de álcool em gel foi fechada pela Polícia Civil, em Santa Catarina. Desta vez, foi em Criciúma, na tarde de ontem, 23. No domingo, 22, a Polícia Civil já havia fechado um local em Joinville.

A ação em Criciúma foi após denúncia anônima. O álcool em gel estava sendo fabricado com utilização de álcool de posto (etanol) e gel de cabelo. O produto estava sendo fabricado em uma residência no loteamento Bittencourt, no bairro Argentina.

A fiscalização foi em cumprimento ao decreto 515/2020, que trata das medidas restritivas para frear a proliferação do novo coronavírus no estado. Ao chegar no local, a equipe da Polícia Civil foi recebida por um homem, que negou a fabricação do álcool em gel, mas em seguida levou os policiais aos fundos de casa, onde mostrou alguns utensílios, embalagens de gel de cabelo vazias e contendo etanol, além de álcool em gel (sem etiquetação) já preparados para venda.

O homem confessou que fabricava o produto e vendia conforme a solicitação por aplicativo de mensagens e telefone. Ele foi conduzido para a Central Regional de Plantão Policial (CRPP).

Tags:
Covi-19
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!