Março 16, 2017

Publicidade em vídeo gera mais impacto aos consumidores

Um estudo feito numa parceria entre a Teads, pioneira da publicidade em vídeo outstream e plataforma de monetização global para anunciantes e publishers, e a Neuro-Insight, líder mundial em pesquisa de mercado com base em neurociência, comprova cientificamente que a publicidade em vídeo online tem muito mais relevância para o engajamento e a memória de longo prazo dos consumidores, quando inserida dentro de conteúdos editoriais premium, aqueles produzidos por veículos de grande imprensa.

Por meio de um estudo de mapeamento das atividades cerebrais foi possível concluir que o conteúdo editorial premium envolve o público muito mais do que os feeds sociais, criando maior impacto para a publicidade em vídeo.

Para realizar a pesquisa, foram recrutados dois grupos de 50 entrevistados. Cada um dos grupos foi equipado com bonés de neuro-mapeamento utilizados para medir a resposta do cérebro aos estímulos. Assim sendo, foram expostos (pelo celular) a vídeos idênticos em seus feeds de notícias do Facebook, e anúncios outstream em vídeo da Teads, veiculados em publishers premium, incluindo Time Inc., Condé Nast, Forbes e The Atlantic.

Os resultados mostraram que os anúncios em conteúdo editorial premium foram 16% mais envolventes, ou pessoalmente relevantes, do que aqueles exibidos no feed social do Facebook. Além disso, ofereceram uma experiência maior de engajamento, com impacto de memória nos dois lados do cérebro, o racional (19%) e o emocional (8%). Oito dos dez criativos testados tiveram um desempenho melhor no ambiente premium na codificação da memória detalhada, métrica fundamental para atestar o impacto do anúncio.

O editorial premium também foi o responsável por criar mais picos de momentos memoráveis, ou seja, aqueles que mais influenciam o comportamento dos consumidores. Os vídeos outstream da Teads impactaram 15% mais do que o mesmo conteúdo apresentado via Facebook. As informações são do Adnews.

Tags:
marketing
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!