Portal Making Of

Quem são os maiores doadores de recursos para candidatos em 2022

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), R$ 312,5 milhões já foram doados legalmente por pessoas físicas a candidatos até a última quarta-feira (14). Desse total, R$ 25,15 milhões (8%) foram distribuídos pelos dez principais doadores.

Com a proibição de doações por empresas, as campanhas são financiadas com recursos públicos, por meio dos fundos eleitoral e partidário e através de dinheiro do próprio candidato. De acordo com o TSE, os candidatos declararam ter tirado do próprio bolso R$ 84,6 milhões para bancar suas campanhas.

Entre os dez maiores doadores de 2022, banqueiros, empresários do agronegócio e do setor calçadista lideram essa relação dos que mais “investiram” em campanhas nessas eleições.

Rubens Ometto, dono do grupo Cosan, que atua em áreas de distribuição de combustíveis, usinas sucroalcooleiras e logística, foi quem mais doou. Até o momento ele desembolsou R$ 5,75 milhões para diversas candidaturas.

Os principais repasses feitos por Ometto beneficiaram o diretório nacional do PSD e o diretório estadual do PP na Paraíba. Para o primeiro, ele destinou R$ 1,5 milhão e para o segundo, R$ 1 milhão. O candidato que mais recebeu recursos do empresário até o momento é Tarcisio Gomes de Freitas, que concorre ao governo de São Paulo pelo Republicanos com o apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Já Alexandre Grendene Bartelle, Co-fundador da Grendene, doou R$ 3,57 milhões a cinco candidatos do Rio Grande do Sul e do Ceará. O principal destinatário dos recursos de Grendene foi o candidato a governador gaúcho Roberto Argenta (PSC), também empresário do setor calçadista, que dele recebeu R$ 1,4 milhão.

O Dono do Grupo Localiza, José Salim Mattar Junior, já doou R$ 3,22 milhões a candidatos até 14 de setembro. Entre os 29 contemplados por Mattar este ano, destacam-se o ex-procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, e os deputados bolsonaristas Carolina de Toni (PL-SC) e Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL-SP).

Vela a lista dos 10 maiores doadores de campanhas em 2022:

  • Rubens Ometto (Cosan) – R$ 5,75 milhões
  • Alexandre Grendene Bertelle (Grendene) – R$ 3,57 milhões
  • José Salim Mattar Junior (Localiza) – R$ 3,22 milhões
  • Heitor Vanderlei Linden (Calçados Beira-Rio) – R$ 2,6 milhões
  • Pedro Grendene Bertelle (Grendene) – R$ 2,1 milhão
  • Valter Egídio da Costa (Dan Herbert Engenharia) – R$ 1,8 milhão
  • Cândido Botelho Bracher (Itaú Unibanco) – R$ 1,6 milhão
  • Odílio Balbinotti Filho (Produtor rural) – R$ 1,5 milhão
  • Armínio Fraga (Gávea Investimentos) – R$ 1,4 milhão
  • Roberto Carlos Lyra (Delta Sucroenergia) – R$ 1,4 milhão

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Leia mais