14.3 C
fpolis
14.3 C
fpolis
quarta-feira, 29 junho, 2022

Reunião da LIBRA e o Figueirense não foi

Reprodução
Últimas notícias

1 – Onde está o Figueirense?

A reunião é para definir os padrões da futura Liga do Futebol Brasileiro – LIBRA, que terá a participação de 40 clubes (20 da Série A e 20 da Série B). Ai você deve achar que estou louco, pois o Figueirense está disputando a Série C. Na foto, à esquerda está o presidente do Avaí, Júlio Heerdt, e de costas Francisco Battistotti representando a ANCF – Associação Nacional de Futebol e não tem ninguém do Figueirense. Leu acima que a LIBRA será formada por 40 clubes da A e da B, mas como o contrato com o Grupo Globo só terminará no final de 2023, o inicio da liga está marcado para 2024. Ainda não caiu a ficha? Até lá, quatro clubes da A e quatro clubes da B irão cair, assim como quatro da Série C e quatro da Série B irão subir e você não sabe quem serão. Pode ser o Figueirense ou não. O Criciúma, Brusque e Chapecoense foram representados na reunião, pelo Totti.

2 – Farra econômica

A FIFA está trabalhando para que parte do dinheiro do futebol, que serve para pagar comissões de agentes, tenha um caminho no qual se possa seguir e que não termine em um paraíso fiscal. A comissão será tabelada em 10% do valor da transferência e os familiares não terão direito. Os agentes receberão em uma agência bancária na cidade onde funciona a sede da empresa. Esta mudança irá funcionar a partir de julho de 2023. Se este trabalha para o clube vendedor receberá 10%; se atende ao jogador ou o clube comprador, 3%, e receberá 6% se trabalhar para os dois. Nenhum agente poderá trabalhar para os três: jogador, clube vendedor e comprador.

3 – Banco de Luxo

Escutei que o Avaí agora tem um “banco” de luxo! Mas no treino, Bruno Silva se machucou e o Barroca ficou preocupado. Afinal o banco é ou não é tão luxuoso assim, ao ponto de deixar o treinador preocupado? Quando é de luxo, sai um entra outro, para os preconceituosos menos o Rômulo, porque não se simpatizam com jogador formado no clube. Por falar nisso o veterano Muriqui vai ficar fora três semanas, é o ônus da idade.

4 – Aluno de jornalismo

Rafael Masseli costumava criar frases sobre futebol nos intervalos de aula, quando se reunia com a turma na “Praça Vermelha”, no Campus da UFSC. Uma delas que guardei: “machos em um time de futebol são o goleiro, central, volante e centroavante. O resto era tudo ‘florzinhas’”.

5 – Ronaldo sobe e lucra

O Valladolid, clube de Ronaldo, na Espanha, está na “boca” para subir da B para a A. E no Brasil, o Cruzeiro, seu outro clube, é líder e pode subir em novembro. Como ele investe e é dono dos dois tem que dar lucro dos clubes, o amadorismo e a gastança pesa no bolso.

6 – Jogos desta semana

Hoje, às 19h, Grêmio x Criciúma em POA; no mesmo dia e horário, em Goiás: Vila Nova x Chapecoense, no dia seguinte: 20/05, às 19h em Brusque, Brusque x Tombense. O Avaí jogará dia 22, domingo às 19h em Coritiba contra o Athletico.

7 – A homenagem ao Bob Alves na PM

Reprodução

Como escreveu o Bion; “Foi na terça-feira dia 17, no gramado da Escola da PM, na Trindade, numa noite gelada quando o time de futebol ‘Asa com Linguiça’, grupo de amigos da Polícia Militar, recebeu o time Sênior do Avaí para um amistoso. Antes da partida, ocorreu uma homenagem ao jornalista Roberto Alves. O presidente e o vice do Avaí: Júlio César Heerdt e Bruno Comicholli estavam presentes e assistiram a vitória do time sob o comando de Marquinhos, vencer por 3 a 1”. Na foto os coronéis: Nazareno Maceneiro; Hélio Barcelos e Charles Vieira, Roberto Alves ao lado do presidente Julio Heerdt, tendo ao Marquinhos Santos e o vice-presidente Bruno Comicholli. O encontro terminou com todos comendo asa com linguiça, dominó, uísque, cerveja, frio e conversa.

Reprodução

8 – Lições de Riquelme

Desde que apareceu Busquets, se uma equipe joga mal a culpa é do 5 que não sabe passar a bola. Esquecemos que o 10 tem que jogar bem. Para ele, o 5 tem que defender e jogar entre os centrais. Para ele, o futebol são quatro coisas: arqueiro, defensor, volante e atacante e que a obrigação de fazer gols ficou para o 9.  Mas citou os gols de Cristiano, Messi, Schelotto e Delgado que não eram 9. E que se irrita quando um goleiro toca mais na bola do que o número 10.

9 – Raphinha não pode falar no Barcelona

Reprodução

Deco, ex jogador do Barcelona, também é membro da Comissão Técnica do clube e agente do jogador, e disse que antes do clube conversar com o Leeds ele tem que ficar calado. Os espanhóis esperam a definição do campeonato inglês: se o Leeds cair, o valor da transferência será de 25 milhões de euros, se permanecer na Premier, os dois clubes terão que negociar sem nenhum valor fixado.

10 – Liverpool x Real Madrid

Rafael Benitez que foi o último campeão da Europa com o Liverpool e diz que o Liverpool de 2004 não era tão poderoso como este de agora, porque Gerard era um menino que jogava em várias posições; Xavi Alonso veio do Eibar; Luis Garcia cedido pelo Barça; Mascherano era suplente no West Hamm e Lucas Neiva ninguém conhecia, só Fernando Torres que metia 20 gols na Espanha e 33 na Inglaterra merecia destaque. Deu destaque ao meio de campo do Real, Benzema e no desequilíbrio que Vinicius e Rodrygo provocam nos adversários. Não palpite para o dia 28.

11 – Gramado em mangue

A federação chamou os responsáveis pelos gramados nos estádios de futebol em SC; engenheiros agrônomos para melhorar o “tapete verde”, mantendo a grama sadia, em condições sem saberem que um gramado é como um canteiro, que deve ser levantado acima do terreno, para quando a chuva for intensa, o escoamento seja natural, rebaixando as laterais perto do alambrado. Alguns dos nossos gramados foram erguidos em terreno de mangue ou abaixo de barrancos, muitos deles abaixo do nível do piso dos estádios.

FIM.

Paulo Brito
Paulo Brito nasceu em Florianópolis, graduou-se em jornalismo na PUC RS em 1972, mas desde 1971 exerce o ofício de comentarista esportivo, tendo trabalhado em jornais, rádios e televisões nas praças de POA, SP, BCN e FLN. Foi professor do IEE: - Instituto Estadual de Educação e no Colégio Catarinense, profissão que o levou a UFSC: - Universidade Federal de Santa Catarina onde permaneceu até 1998. Foi membro da Comissão que criou o Curso de Jornalismo na Federal de SC.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Jornalista da NSC denuncia vazamento de celular e ataques nas redes sociais

A jornalista da NSC Dagmara Spautz fez uma postagem no Twitter ontem, 28, para denunciar ataques que está recebendo...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }