21 C
fpolis
20.6 C
fpolis
quinta-feira, 26 maio, 2022

Rússia é acusada de sequestrar quatro jornalistas ucranianos

Foto: pixabay
Foto: pixabay
Últimas notícias

O Sindicato Nacional de Jornalistas da Ucrânia acusou ontem, 21, a Rússia de ter sequestrado quatro jornalistas ucranianos em Melitopol, uma cidade no sudeste do país.

Segundo o comunicado, divulgado pela imprensa internacional, homens armados teriam invadido a casa dos profissionais e levado eles a uma direção desconhecida.

Os profissionais eram todos associados ao Melitopolskie Vedomosti, um jornal local. No grupo estavam o editor aposentado do jornal, Mykhailo Kumko; seu editor-chefe, Yevhenia Boryan; e dois repórteres, Yulia Olkhovska e Lyubov Chaika.

O prefeito da cidade, Ivan Fedorov, foi sequestrado e ficou 15 dias detido pelas forças russas, de acordo com autoridades ucranianas. Ele foi libertado na última quarta-feira, 16.

Ao menos cinco jornalistas já foram mortos durante o conflito na Ucrânia: Pierre Zakrzewski, um veterano dos campos de batalha, e a ucraniana Alexandra Kuvshinova, que trabalhavam para a emissora norte-americana Fox News, o americano Brent Renaud, que já trabalhou para o The New York Times, e os ucranianos Viktor Dudar e Yevhen Sakun.

*Foto: pixabay

Mais notícias para você
Últimas notícias

Asteroide de quase 2 km se aproxima da Terra nesta sexta

Um gigantesco asteroide chamado 7335 (1989 JA), com cerca de 1,8 km de diâmetro, vai passar “relativamente perto” da...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }