19.9 C
fpolis
19.9 C
fpolis
sábado, 2 julho, 2022

Santa Catarina realiza terceiro transplante de coração do ano

Foto:Ricardo Wolffenbüttel / Secom
Últimas notícias

Santa Catarina realizou ontem, 25, o terceiro transplante de coração do ano. Após a morte encefálica de um homem em Florianópolis, poucas horas depois o coração dele já estava batendo no peito de outro paciente, que aguardava a quase 200 quilômetros de distância, no interior do estado. O trabalho foi coordenado pela SC Transplantes, órgão do Governo do Estado que completa 23 anos de criação em 2022.

Conforme explica o coordenador da SC Transplantes, o médico Joel de Andrade, o tempo é um fator essencial nesse tipo de operação. Entre o momento que o coração deixa de bater no doador e o instante que ela passa a funcionar no corpo do receptor, não pode se passar mais do que quatro a seis horas.

O transplante de coração é mais raro em comparação com outros órgãos, como rins e córnea. Em 2021 e 2020, foram somente quatro transplantes em cada um dos anos.

O médico Frederico Di Giovanni foi o responsável pela extração do coração do doador nesta quarta-feira e também pela operação de implante, em outra cidade.

Além do coração do doador, também foram aproveitados outros órgãos: rins, fígados e córneas. Segundo a enfermeira Izabelle de Freiras Ferreira, que participou do processo de extração dos órgãos em Florianópolis, nos últimos anos, tem havido uma maior aceitação por parte dos familiares na doação de órgãos.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Investimento em publicidade digital atingiu mais de R$ 30 bilhões em 2021

O IAB Brasil, associação que representa o mercado de publicidade digital no País, lançou o Digital AdSpend 2021. Segundo...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }