Junho 18, 2019

Senado vai ouvir Glenn Greenwald do Intercept sobre ameaças

Senado vai ouvir Glenn Greenwald do Intercept sobre ameaças

O Conselho de Comunicação Social do Senado aprovou convite para ouvir o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, editor do site The Intercept sobre ameaças que ele estaria sofrendo após a divulgação das supostas conversas entre Moro e os procuradores pelo site. A audiência está marcada para o dia 1º de julho.

Desde o início deste mês, o site tem divulgado supostas mensagens trocadas por meio de aplicativo pelo atual ministro da Segurança Pública e ex-juiz Sergio Moro e procuradores da força-tarefa da Lava Jato entre os anos de 2015 a 2018.

"O jornalista Gleen Greenwald narrou recentemente que está sofrendo inúmeros atentados ao livre exercício do jornalismo. Isso, claro, nos toca profundamente. Por isso, eu queria sugerir que fizéssemos um convite e que ele venha na nossa próxima reunião do dia 1º de julho e esclareça exclusivamente essas situações", afirmou o advogado Miguel Matos, representante da sociedade civil no colegiado. "A liberdade de imprensa é a garantidora do Estado Democrático de Direito, não podemos fechar os olhos e sobretudo as portas para essa situação", disse Matos.

Segundo a Agência Brasil, o deputado David Miranda (PSOL-RJ), marido do jornalista Glenn Grenwald, pediu ontem, 17, reforço para segurança da família após serem ameaçados por mensages enviadas por e-mails. Segundo o parlamentar, as primeiras ameaças foram registradas antes das divulgações do site, mas cresceram após as publicações. O deputado informou que, no dia 11 de junho, encaminhou os relatos à Polícia Federal.

Tags:
Radar MakingOf
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!