Dezembro 24, 2021

Série crimes digitais: Sites maliciosos

Série crimes digitais: Sites maliciosos

A coluna segue no mês de dezembro oferecendo serviço. A série CRIMES DIGITAIS destaca os principais golpes, como agem os criminosos e as formas de defesa. Comigo, o especialista em Inteligência Criminal Thiago de Miranda Coutinho. Hoje, 22, os cuidados com os sites cheios de malícia. Logo depois dos temas de hoje da série, os demais assuntos da coluna  Gente e  Lugares.

 

Cuidado com as falsas promoções de Natal

Na semana passada ensinamos o passo a passo para você deixar seu smartphone mais seguro. Já no episódio de hoje da série sobre os crimes virtuais, vamos abordar as armadilhas (disfarçadas de promoções) que os criminosos fazem para te enganar.

Para se ter ideia dos riscos, principalmente nestes últimos dias que antecedem grandes datas como o Natal, uma empresa Israelense de "Cyber Segurança", chamada Check Point Research, divulgou um estudo global sobre os meses que antecederam a Black Friday deste ano.

Espantosamente, eles constataram que o número de sites maliciosos relacionados a compras online aumentou 178% em comparação com a média de 2021; o equivalente a mais de 5.300 sites maliciosos identificados por semana!

Como se não bastasse, especialistas vêm alertando há tempos que o PIX (nomenclatura dada ao Sistema de Pagamento Instantâneo do Banco Central, em vigor há pouco mais de um ano e que já desbancou o boleto como meio de pagamento preferido) pode ser muito utilizado por golpistas para a aplicação de golpes, cujo objetivo é furtar o seu dinheiro ante a facilidade que o recurso oferece ao cliente (no caso, a vítima).

Por isso, às vésperas do Natal e com a segunda parcela do 13º salário na conta, redobre a atenção na hora de comprar online. E como estamos alertando há duas semanas consecutivas, o lema é: desconfie sempre!

 

FRAUDES PELO FACEBOOK E INSTAGRAM

Ultimamente os golpistas estão se utilizando de links patrocinados em publicações no feed e, até mesmo pelos Stories das redes sociais, para divulgar falsas promoções.

Geralmente essas "promo fake" vêm travestidas de ofertas imperdíveis, com preços muito baixos e condições de pagamento convidativas! Muito comum, ainda, elas virem acompanhadas de um certo "senso de urgência", os famosos: "só hoje"; "ultimas unidades"; "até às 22:00h"; "vai ficar fora dessa?"; "últimas unidades"; "os 20 primeiros".

Tudo isso pra induzir você a clicar em algum link que irá te encaminhar ao site ou perfil de rede social (Facebook ou Instagram) da suposta loja. Mas há formas de evitar prejuízos!

 

DICAS:

1-    No Instagram, as grandes lojas e marcas têm o chamado selo de verificação (marca de seleção azul ao lado do nome). Isso atesta que o perfil é verdadeiro e a referida informação adveio de um canal oficial;

2-    No caso das empresas menores que não possuam o selo azul, certifique-se de que o nome está coreto. Às vezes uma pontuação ou alguma letra a mais (ou a menos) pode ludibriar os desatentos;

3-    Esteja atento a erros gramaticais e/ou de ortografia. Grandes lojas não cometem essas gafes em seus anúncios;

4-    Quando clicar em algum link, verifique se endereço que aparece no navegador está correto, pois pode haver o chamado site clone (idêntico ao verdadeiro);

5-    Analise se o site começa com "https", pois esse "s" é o protocolo mais seguro;

6-    Analise se há o ícone do cadeado na barra de endereço do site;

7-    Certifique-se da suposta promoção no site oficial da empresa;

8-    Pesquise sobre a reputação da loja;

9-    Opte por pagar no cartão de crédito, pois no caso do Pix por exemplo, golpistas podem gerar QR Codes com valores acima do anunciado;

10-  Nunca redefina sua senha ou demais atualizações cadastrais a partir de solicitações oriundas dos sites de compras;

11-  Nunca preencha "cadastros" para participar de supostas promoções, "pré-venda" ou "lançamento";

12-  Cuidado com SMS solicitando código verificador sob o pretexto de ser um "protocolo de segurança". Não é! Não repasse seu código de 6 dígitos a terceiros;

13-  Faça uma pesquisa de preços em comparadores conhecidos para analisar os valores médios de mercado e, assim, não se deixar seduzir por aparentes preços "imperdíveis".

 

Na semana que vem teremos o último episódio da série onde vamos falar sobre os procedimentos a serem adotados caso você tenha sido uma vítima de algum crime virtual.

Sinceramente, esperamos que você não precise lê-lo na condição de vítima, mas sim, com o intuito de ficar ainda mais informado!

Por fim, desejo a todos um feliz e abençoado Natal.

Forte abraço e até semana que vem!


THIAGO DE MIRANDA COUTINHO -  especialista em Inteligência Criminal
@thiago_dm_coutinho  

 

FOGO SAGRADO


foto DIVULGAÇÃO

Era para ser uma sessão apenas, mas o público se interessou tanto que a organização teve  que fazer uma seguida da outra, para atender todo mundo. E o melhor, todos saíram da sala de cinema demonstrando  no rosto olhares de muita reflexão, assim como aconteceu comigo.  Eu ficaria aqui  escrevendo vários parágrafos sobre a qualidade do conteúdo, filmografia, trabalho em equipe e a repercussão junto ao público. Mas  vou me  concentrar em dizer que  o documentário "Wherá Tupã e o Fogo Sagrado"  chega no momento certo para deixar um legado de imenso valor para o nosso futuro.

A presença do índio Guaraní  Alcindo Wherá Tupã, aos 112 anos de idade,  foi como uma "benção" de final de ano, um presente de Natal enviado pelo Universo. Ele demorou a resolver falar no bate papo  após a exibição do filme, mas logo foi dizendo " vocês vivem num plano aqui embaixo onde o olhar é limitado e esquecem de olhar para o alto, de onde tudo é visto e controlado". Só essa frase de Wherá Tupã já faz sua cabeça expandir para outra dimensão. Mas vamos ao documentário: dias após sua estreia oficial no 11º Festival Internacional de Cinema em Balneário Camboriú, evento no qual o filme foi premiado, o documentário Wherá Tupã e o Fogo Sagrado teve exibições únicas no CineMulti, em Florianópolis, antes de percorrer festivais e depois chegar ao circuito aberto.

O líder espiritual guarani (karaí) cura, batiza e aconselha a comunidade. Contudo, o modo de vida guarani anterior à colonização, que permitia um corpo físico mais forte, saudável e em conexão mais profunda com a espiritualidade, vem sendo extinto, afetando as novas gerações de karaí que não são tão sensíveis e poderosos como antes e aumentando as doenças dentro da comunidade. Wherá Tupã se considera o último karaí que mantém a sabedoria do Fogo Sagrado.

"Wherá Tupã permitiu a realização desse filme em 2013. Recebi o batismo guarani em 2015, o que me aproximou muito das comunidades indígenas do litoral catarinense. Nos anos seguintes fiz filmagens de cerimônias e criei uma linguagem cinematográfica inspirada na realidade da opy (casa de reza), apresentando as imagens à comunidade e recebendo seu feedback. A partir das trocas ao longo dos anos entre Wherá Tupã e seu filho, Wanderley Karaí Vidju,  ambos personagens e co-criadores do filme, nasceu o documentário", conta  Rafael Coelho, diretor, produtor e montador.

"Hoje são poucos os que mantêm essa tradição, essa essência, essa convivência de estar dentro da cultura, dentro do templo sagrado.São poucos os anciãos que ainda repassam esses ensinamentos aos netos e filhos. Esse filme foi produzido com muito cuidado, muito trabalho, muita paciência e fala de como é o trabalho do Seu Alcindo Wherá Tupã, a cura, e da sua vida, mostrando o seu dia a dia, há mais de 80 anos fazendo esse trabalho. A obra leva essa mensagem para as gerações que estão vindo, para que possam ver e sentir esses ensinamentos `` , completa Wanderley Karaí Vydju, filho de  Wherá Tupã.


foto DIVULGAÇÃO

@filmesdofogo @rafanunescoelho

 

SÓ QUERO CHOCOLATE


foto PAULO SCHMIDT

A casa itinerante multicultural Chocolate voltou à Lagoa da Conceição, em Florianópolis, e todas as tribos se encontram na Vila dos Araçás para dançar ao som de Belton, Dubstrong, Tamenpi, King e Naomi. A trilha sonora seguiu a linha black e a festa toda, que não tem camarote ou qualquer distinção de área entre o público, virou uma grande pista de dança.

Foi no último sábado e movimentou o público que desde o começo da pandemia ficou sem o  evento. Enquanto uns dançavam, incluindo Fernando Fernandes, tetracampeão mundial de canoagem paralímpica, os artistas PH Hommies, que foi quem assinou a identidade visual do retorno da Chocolate, e Cidart, que está com exposição até o começo de janeiro na galeria Lama, no Centro da cidade, pintavam suas telas ao vivo comprovando o DNA de street art do evento que teve parceria do selo Desterro Societá. 

E a Chocolate sente-se tão em casa na Ilha, que os organizadores já anunciaram as datas para ela voltar. Dias 14 de janeiro e 12 de fevereiro de 2022, novamente na Vila dos Araçás, Lagoa da Conceição. Serão outras duas edições da label que promove a cultura do hip-hop há duas décadas no Brasil.


momentos da festa CHOCOLATE/fotos  PAULO SCHMIDT

@chocolatemusicbr

 

PRESERVE AS BALEEIRAS


foto CRISTINA GALLO

As baleeiras fazem parte da paisagem do litoral catarinense. Coloridas  e símbolos  da atividade pesqueira, são obras de arte e meio de subsistência de milhares de famílias de pescadores. Mas esse patrimônio  corre o risco de desaparecer porque  as baleeiras estão sendo substituídas por outros tipos de embarcações. Mas agora, um projeto chega com a tentativa de  proteger as tradicionais embarcações. Acaba de ser lançado um site para cuidar da memória da baleeira. O objetivo do site é manter viva a memória das baleeiras que ainda são utilizadas na Ilha de Santa Catarina, em fotografias e nas histórias contadas por seus proprietários. O site também traz um pouco da história desta embarcação, que nasceu com os vikings  em meados do século XVIII e  chegou ao litoral catarinense junto com os açorianos que colonizaram a região.

baleeirasdailha.pmf.sc.gov.br

@baleeirasdailha

 

TAPEÇARIAS DA HISTÓRIA

Será aberta hoje (22/12) a mostra, às 18h, junto com o lançamento do Livro "O ocaso e o acaso da vida e obra de Almir Tirelli em Santa Catarina", de Sandra Makowiecky a mostra "Tapeçarias de Tirelli", no Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa. A exposição conta com tapeçarias do artista maranhense que ficaram conhecidas por adornar o Aeroporto Hercílio Luz, na capital, e foram doadas à FCC (Fundação Catarinense de Cultura) em 2020. Antes de serem expostas, passaram por um longo processo de higienização realizado pela equipe do Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor). As peças poderão ser vistas de perto até março de 2022, com entrada gratuita.


foto CAROLINA RIOS                 

@cicfloripa

 

Fico por aqui, vibrando com a chegada do verão e na expectativa de uma temporada com mais satisfação do que problemas. Um super Natal a todos e na semana que vem nos encontramos antes da virada do ano.

Lá no instagram também podemos trocar informações: @amselmoprada 

Tags:
Gente lugares colunista making of anselmo prada
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Anselmo Prada

Anselmo Prada

Jornalista, produtor e gestor de conteúdo, pessoas e eventos. Foi repórter, editor, coordenador de reportagem, editor-chefe do Jornal do Almoço, chefe de redação da RBS TV e gerente de programação NSC/Globo em Santa Catarina. Além do jornalismo, desenvolveu e dirigiu diversos projetos de entretenimento para a televisão. Com carreira destacada na comunicação catarinense, se interessa com mais profundidade sobre o que fazem as pessoas, em todas as áreas, como elas mostram suas particularidades, desenvolvem seus projetos, criam oportunidades, oferecem ajuda aos outros e como estão inseridas dentro da imensa diversidade de um mundo cada vez mais plural. Um observador da vida, buscando histórias e percebendo o que existe de único e inspirador em cada pessoa ou lugar. No Portal Making Of traz semanalmente os destaques de gente e lugares que estão em conexão com o tempo e preparando o futuro. Contato: e-mail pradafloripa1@gmail.com, WhatsApp (48)99163-6710 e Instagram @anselmoprada.

  • Instagram

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!