Novembro 27, 2020

Termos relacionados à pandemia tomaram conta das buscas online em 2020

Termos relacionados à pandemia tomaram conta das buscas online em 2020
Reprodução

Com o final do ano chegando, começam a pipocar as listas retrospectivas sobre os mais diversos assuntos. Uma das mais importantes para entender o comportamento dos consumidores e o que está dominando os pensamentos da população é o de termos mais pesquisados nos buscadores virtuais. Como não poderia deixar de ser, as buscas relacionadas à pandemia dominam as principais posições destes rankings.

Um levantamento realizado pela SEMrush analisou milhões de palavras-chave e constatou que termo com maior crescimento de buscas no Brasil no ano foi, evidentemente, aquele que ainda nem existia no ano passado e tomou conta do mundo todo: “Covid 19”. Em segundo lugar, vem “live de hoje”, que não está relacionado diretamente ao problema sanitário, mas está muito ligado aos novos estilos de vida e hábitos de consumo causados pela pandemia. 

Se o primeiro lugar expressa a crise de saúde e o segundo lugar demonstra os hábitos emergentes, a terceira posição se relaciona diretamente com a crise financeira gerada pelo coronavírus: “auxílio emergencial”. Este tema também aparece na sexta posição (“caixa auxílio”), na nona (“FGTS emergencial”), e na décima (“benefício emergencial”).

Considerando o volume de pesquisas de novos termos, o mais pesquisado foi “auxílio emergencial caixa”. Outros assuntos mais leves também aparecem no top 20, como o Big Brother Brasil, a nuvem de gafanhotos, a apuração do carnaval e até a live da cantora sertaneja Marília Mendonça.

Cabe um grande destaque a outra tendência do consumo acelerada pela pandemia: o hábito das compras online. 10% de todas as buscas realizadas no mundo neste ano tiveram relação com sites e aplicativos de compras de produtos.

O Google analisou as tendências de pesquisa no início da pandemia. O salto de buscas por UTIs foi expressivo, e bateu o recorde histórico da plataforma. O site também levantou as principais questões relacionadas à doença feitas nas pesquisas. Respectivamente, as mais realizadas foram:

“Como surgiu o coronavírus?”

“Como se prevenir do coronavírus?”

“Como saber se estou com coronavírus?”

“Como começou o coronavírus?”

“Como se pega o coronavírus?”

A preocupação com a prevenção e imunidade teve grande destaque, principalmente nos meses de março e abril. Os termos relacionados ao sistema imunológico tiveram altas de até 2400% nesse período, em comparação com o início de 2020. Esse interesse provocou o aumento na procura de produtos que tem a capacidade de fortalecer a imunidade do organismo, como as vitaminas D3 e K2

O relatório do Google também apresentou uma notícia relativamente boa: o número de pesquisas por termos relacionados à solidariedade nunca esteve tão em alta no mundo todo como no auge da atual crise. As principais buscas são por formas de ajudar o próximo, através das palavras chave “como ajudar”.

Tags:
web
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!