9.4 C
fpolis
9.4 C
fpolis
sexta-feira, 19 agosto, 2022

Toss, uma sacada em família.

Últimas notícias

[ad_1]

Toss, uma sacada em família

Foto: acervo da família Silveira.

Conhecido por ser um esporte de fácil adaptação e divertido até para principiantes, o popular tênis de praia caiu no gosto dos brasileiros. O esporte virou febre nacional, mas o que pai e filha não sabiam era que um hobby que começou há cinco anos transformar-se-ia em alternativa para reinvenção do negócio de família durante a pandemia. O pai, ex-estudante de economia, encontrou na confecção a vocação para a vida profissional. Sim, ele deixou curso de graduação na reta final e transformou a sala da casa dos pais em sua primeira fábrica de roupas, isso na década de 80.

 

O negócio prosperou! Ele produziu e vendeu uniforme escolar para colégios tradicionais da Capital por mais de 30 anos, mas com a crise sanitária e a suspensão das aulas presenciais em 2020 o medo tomou conta da família, não apenas por conta do Coronavírus, mas também pela queda brusca nas vendas da empresa. Foi quando um modelo de negócio tradicional deu lugar mais uma vez ao empreendedorismo, um projeto que nasceu do amor de um pai pelo esporte e pela família. Afinal o novo negócio era também uma forma de sobreviver ao momento mais obscuro da história mundial: a pandemia, mas que também sanava uma dor pessoal: encontrar roupas do tamanho adequado para ele (e todo bom modelo de negócios nasce de um projeto para sanar uma dor).

Foi no beach tennis que pai e filha apostaram para superar os dias de isolamento social, mas também onde apostaram as fichas para a retomada dos negócios. Foi quando Modesto da Silveira Neto, o Netinho, chamou Julia da Silveira, sua filha (atualmente com 19 anos) para uma conversa que mudaria o futuro dos dois, mas que também era a consolidação de uma parceria que ficou ainda mais forte quando em 2009 Netinho perdeu a esposa e passou a cuidar dos dois filhos com ajuda da avó das crianças. Dessa conversa nasceu a marca Toss oficializada no dia 26 de outubro de 2020, uma marca 100% manezinha, que usa mão de obra local e tem compromisso com a sustentabilidade.

 

   

 

A palavra Toss representa o movimento em que o jogador lança a bola para cima, um dos principais pontos na execução de um saque, mas também a representa melhor sacada de pai e filha para driblar a crise, surgiu de uma crise.  Netinho teve a ideia de aproveitar a expertise na área de confecção e pivotar para uma marca esportiva própria e do esporte que eles mais gostavam, o beach tennis, mas precisava de uma sócia, Júlia, que gostasse de internet para alavancar as vendas online e para fazer a gestão do negócio.

 

 

Netinho e Júlia arregaçaram as mangas, pesquisaram tecidos, ampliaram horizontes e atualmente a fábrica de uniforme escolar divide espaço com a produção de roupas para beach tennis. As vendas que inicialmente seriam apenas online, agora somam espaço com os pontos de vendas físicas em Florianópolis, São José, mas também que alçou voo e chegou ao outro lado do Brasil (lá no Norte do país) com um ponto de vendas em Boa Vista, em Roraima. Ontem (3 de março) o quinto ponto de venda foi inaugurado em Palhoça e que os voos sejam ainda maiores, mas bem estruturados por essa jovem de apenas 19 anos que não mede esforços para aprender. Enquanto muitos jovens, em sua natural rebeldia se opõem ao conhecimento e experiência de outras pessoas, é nisto que Júlia se apoia para crescer, mas a Toss não quer crescer sozinha e amparada por seus valores patrocina 12 atletas de beach tennis.

 

O próximo passo, segundo Júlia, “é montar uma fábrica própria para a marca”, mas para isso vai precisar contar com o apoio de costureiras locais e dessa parceria entre pai e filha que cresce com amor, prima pela sustentabilidade e une toda a família em torno de um esporte que agrada a todos. Segundo Netinho a Toss tem o propósito de vestir a todos, com a maior variedade de tamanhos e cores, mas também para agradar os bolsos. Com um ótimo custo-benefício, nasceu uma nova marca bem manezinha com a ousadia e a sagacidade de uma menina, mas com a garra e experiência de um profissional experiente para unir a sua família e o amor pelo esporte.

[ad_2]

Source link

Janine Alves
Graduada em Economia e doutora em Gestão do Conhecimento, faz parte do Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Conhecimento, Aprendizagem e Memória Organizacional (Interdisciplinary research group on knowledge, learning and organizational memory), núcleo de excelência em pesquisa científica e tecnológica, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC/UFSC). Trabalhou como: professora da UFSC e Univali, colunista de economia do Grupo RIC Record (Jornal Notícias do Dia e Ric Record TV) e analista de economia na RBS - TV/ NSC - Diário Catarinense, Consultora de Economia Internacional para a CIP Cosultores – Espanha, Diretora do Escritório do Governo da Galicia/Espanha no Brasil, Diretora de Integração Internacional e Consultora de Economia do Governo de Santa Catarina (Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Assuntos Internacionais), etc.
Mais notícias para você
Últimas notícias

JN entrevista candidatos à Presidência a partir de segunda-feira

A partir da próxima segunda-feira, 22, o Jornal Nacional recebe os candidatos à Presidência da República para entrevistas individuais...