15.5 C
fpolis
15.5 C
fpolis
sábado, 25 junho, 2022

TROCA JUSTA

Últimas notícias
TROCA JUSTA
El Chiringuito Tibu-Ron/Reprodução

Um bar localizado na cidade de Castelldefels (nos arredores de Barcelona), está oferecendo cerveja de graça a quem recolher bitucas de cigarro na praia.

A regra é simples, um copo de bitucas/guimbas por um copo de cerveja ou refrigerante. A ação de marketing do El Chiringuito Tibu-Ron pretende ajudar a limpar a faixa de areia, além de sensibilizar os banhistas sobre o impacto que esse tipo de resíduo provoca na vida marinha.


Getty Images/iStockphoto

As bitucas competem com o plástico pelo título de maior poluidor dos oceanos, garante a Ocean Conservacy. A ONG realiza limpeza em praias de todo o mundo e, em apenas 32 delas, recolheu pelo menos 60 milhões de guimbas de cigarro.

_________________

 

VEGAN FRIENDLY


Awebic/Reprodução)

Um dos principais portais veganos do país, o GreenMe, está compartilhando uma lista de cervejarias nacionais e importadas que não usam matérias-primas de origem animal na produção da bebida (como gelatina e isinglass) ou se envolvam em eventos que incentivem os maus tratos aos animais (rodeios e vaquejadas).

A lista elaborada originalmente pelo Awebic, destaca as gaúchas Coruja, Tupiniquim e as catarinenses Schornstein e Bierland. Entre as estrangeiras, marcas como Ayinger e Höfbräu (Alemanha), Rogue (EUA) e La Chouffe e e Vedett (Bélgica).

O artigo do GreenMe também leva para um portal internacional, o Barnivore, que permite pesquisar marcas de bebidas de todo o mundo que sejam vegan friendly. A base de dados é grande: tem mais de 45 mil marcas de cervejas, vinhos e licores de todo o mundo.

_________________

 

INVENCIONICES


Chromoly/Divulgação

Para quem gosta de gadgets (e cerveja), outra lista interessante. O site Threelist relacionou dez invenções que podem facilitar a vida de quem gosta de tomar uma boa cerveja – especialmente ao ar livre.

São criações como o abridor de garrafa que pode ser acoplado na bicicleta (foto), até o chiller que ajuda gelar rapidamente a bebida. Isso sem contar o bastão que ajuda caramelizar o malte da cerveja (uma curiosa tradição dos alemães). Entra no site, avalie a lista, e depois conte pra gente qual você considerou a mais útil ou curiosa. 😉

 _________________

 

MADEIRAS BRASILEIRAS


Cervejaria Leopoldina/Divulgação

O uso de barris de madeiras para maturação de cervejas de alto teor alcoólico não é algo novo na indústria. Diversas cervejarias brasileiras já empregam o barrel aged para garantir sabores e aromas diferenciados para cervejas de estilos como Imperial Stout, Tripel ou Dopplebock. A técnica tradicional costuma empregar barris de carvalho americano, francês e húngaro, que receberam anteriormente bebidas como whisky e vinho.

Mas o uso de madeiras nacionais – como amburana e cabreúva – deve ganhar espaço no mercado porque garante uma identidade única para a cerveja nacional. A crença é do engenheiro agrônomo Giovanni Silvello que apresentou uma dissertação de mestrado sobre o assunto. Ao longo de mais de dois anos de pesquisa ele comprovou que as madeiras nativas garantem sabores e aromas exclusivos.

A análise sensorial mostrou, por exemplo, que o uso de barris de cabreúva deixou a bebida mais escura e com notas de cumaru, caramelo, chocolate e noz moscada. Já a passagem por tonéis de amburana garantiu uma cerveja com amargor mais intenso e aromas de madeira, torrefação, tabaco e canela. Se o assunto interessou, a reportagem do portal da USP, traz outras informações sobre a pesquisa.

_________________

 

NA AGENDA


IPA – Reprodução

Vinte e quatro cervejarias prometem fazer a alegria dos fãs de cervejas amargas. O Craft IPA Festival ocorre no sábado e domingo, a partir das 11h na Beira-Mar Continental, em Florianópolis, com direito a praça de food trucks, música e brinquedos infantis. A relação com as cervejarias confirmadas está disponível no link. O evento marca o IPA Day, comemorado na primeira quinta-feira do mês de agosto. 

A propósito… Esta sexta-feira, 02 de agosto, é o Dia Internacional da Cerveja. Ciente da importância da bebida, a queridinha dos brasileiros, a coluna de hoje – como deu para perceber – foi temática. Cheers!

Jefferson Douglas da Silva
Jornalista com especialização em Gestão de Marcas, tem mais de 30 anos de experiência em telejornalismo, comunicação corporativa e governamental. Estuda o setor de bebidas desde 1995, tendo formação em coquetelaria (Senac), produção de cerveja artesanal (Escola Superior de Cerveja e Malte) e produção de gin (Inovbev/Esalq). É sommelier de cachaças (Inovbev/Esalq), sommelier de gins (Inovbev/Esalq) e vem se aperfeiçoando no setor de vinhos e espumantes (Enocultura/WSet). Desde 2018 escreve no Portal Making Of sobre ações de marketing do setor de bebidas, curiosidades do mercado (local, nacional e mundial) além de inovações e tendências na área de alcoholic beverages.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Primeiro livro sobre dança contemporânea voltado para crianças em SC

Não é possível medir com exatidão os resultados de um projeto cultural porque há sempre uma imensidão entre os...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }